NOTÍCIAS

Informações atualizadas todos os dias

Desempenho do frango (vivo e abatido) na 13ª semana de 2020, quarta de março

Notícias Agrícolas

O frango vivo comercializado no interior paulista completou a quarta semana de março, décima terceira de 2020, com o preço inalterado (há mais de 15 dias) em R$3,25/kg, valor 1,55% e 1,24% superior às médias mensais de fevereiro passado e de março de 2019.

Mas valor e índices de ganho são totalmente ilusórios. Porque a cotação vigente permanece apenas como um referencial, sobre o qual incidem descontos que variam conforme os interesses dos compradores.

A questão maior, no entanto, é que não há compradores. Ou seja: as vendas de aves vivas estão estagnadas. E não porque seja final de mês: o problema todo se concentra na paralisação do mercado em decorrência da quarentena imposta pela Covid-19.

A mesma situação se aplica ao frango abatido. Cujo mercado, na semana passada, teve momentâneo lampejo de reação em função da reposição de estoques, mas encerrou o período com preços inferiores aos do final da semana anterior.

A virada de mês, nesta semana, não altera as perspectivas do setor, pois agora – e por um bom tempo – haverá menos salário no mercado.

É verdade, neste caso, que o frango ainda conta com a preferência do consumidor – mas devido ao preço mais atrativo em relação às demais carnes. Porém – considerado o alto e sempre crescente custo de produção – fica a questão: até quando a indústria do frango conseguirá assegurar o pleno abastecimento do mercado?