NOTÍCIAS

Informações atualizadas todos os dias

Produtor de soja se retrai e aguarda preços ainda melhores

MAIS SOJA 

O mercado brasileiro de soja deve ter mais um dia de poucos negócios e de preços encontrando dificuldades para buscar uma direção. O dólar registra baixa e deve afastar os negociadores, mesmo com a recuperação de Chicago e a firmeza dos prêmios. Produtores, bem capitalizados, aguardam por um cenário melhor para retornar ao mercado.

Chicago

Os contratos com vencimento em julho sobem 0,53% e estão cotados a US$ 8,47 or bushel. O mercado busca uma recuperação frente às perdas da terça-feira. A boa alta do petróleo em Nova York, de mais de 1%, aparece como fator de suporte.

Prêmios 

O prêmio em Paranaguá para junho ficou em 72 a 80 pontos acima de Chicago. Para julho, o valor é de 85 a 95 pontos acima.

Câmbio

O dólar comercial registra baixa de 0,57% a R$ 5,727.

Indicadores financeiros 

  • As principais bolsas da Ásia fecharam mistas. Xangai, -0,51%. Tóquio, +0,79%.
  • As principais bolsas na Europa operam mistas. Paris, -0,6%; Frankfurt, +0,14%, Londres, +0,51%.
  • O petróleo opera com ganhos. Julho do WTI em NY: US$ 32,75 o barril (+2,5%).
  • O Dollar Index registra baixa de 0,11%, a 99,26 pontos.

Mercado interno

O mercado brasileiro de soja teve mais um dia travado e de dificuldade para a formação dos preços. O dólar oscilou muito durante o dia, enquanto Chicago teve perdas moderadas. Os prêmios de exportação seguiram firmes. Como negociou bastante recentemente, o produtor se retraiu aguardando um cenário mais favorável para retornar ao mercado.

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos subiu de R$ 109,50 para R$ 110,50. Na região das Missões, a cotação avançou de R$ 109,50 para R$ 110,00. No porto de Rio Grande, o preço seguiu em R$ 114,00.

Em Cascavel, no Paraná, o preço passou de R$ 106,50 para R$ 105,50 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca recuou de R$ 113,00 para 112,00.

Em Rondonópolis (MT), a saca estabilizou em R$ 101,00. Em Dourados (MS), a cotação subiu de R$ 94,50 para R$ 96,00. Em Rio Verde (GO), a saca avançou de R$ 99,00 para R$ 100,00.