NOTÍCIAS

Informações atualizadas todos os dias

FIESC e Fazenda avaliam questões tributárias e Programa Travessia

Assessoria de Imprensa da FIESC

 

Os secretários da Fazenda, Paulo Eli, e do Desenvolvimento Econômico, Rogério Siqueira, participaram de reunião com o presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), Mario Cezar de Aguiar, e a diretoria executiva da entidade, nesta quinta-feira (9). Em pauta estiveram uma série de questões tributárias, política fiscal para estimular a economia e os próximos passos do Programa Travessia, proposta da FIESC para reinvenção econômica do estado após a pandemia, que tem apoio do Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (COFEM). O secretário adjunto da SDE, Ricardo Stodieck, também esteve presente.

“Este é um encontro histórico. A proximidade cada vez maior entre o setor produtivo e as secretarias da Fazenda e do Desenvolvimento é um marco, pois temos um objetivo comum, que é construir um estado cada vez melhor. E faremos isso a várias mãos”, afirmou Aguiar. A Federação trouxe para a reunião uma série de assuntos discutidos pela sua Câmara Tributária, como a prorrogação do ICMS durante a pandemia e para empresas atingidas pelo ciclone, uma reivindicação apresentada semana passada pelo COFEM; a fiscalização tributária por algoritmos, os projetos da área tributária em discussão na Assembleia Legislativa e o voto de desempate do Tribunal Tributário Administrativo.

Entre os desdobramentos definidos na reunião estão as discussões entre as equipes técnicas do governo e das entidades do setor produtivo para definir as ações concretas que serão tomadas tanto pelo setor produtivo, quanto pelo governo, para tornar realidade as propostas do programa Travessia, que está focado em todos os setores econômicos e propõe iniciativas como investimento em infraestrutura, atração de capital e pacto institucional. Eli disse que uma questão central para a retomada pós-pandemia é adotar iniciativas que impliquem renda para as famílias, pois isso representa consumo e, desta forma, movimento econômico e crescimento sustentável.

Além da FIESC, integram o COFEM as federações do Comércio (FECOMÉRCIO), da Agricultura (FAESC), dos Transportes (FETRANCESC), das Associações Empresariais (FACISC), das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), das Micro e Pequenas Empresas (FAMPESC), além do Sebrae-SC.