Conseleite

Traçando valores de referência na cadeia produtiva do leite catarinense

O Conselho Paritário Produtores/Indústrias de Leite (Conseleite) do estado de Santa Catarina é uma associação civil, regida por estatuto e regulamentos próprios. O Conseleite é formado por números iguais de representantes dos produtores rurais e das indústrias do leite. Sua função principal é traçar valores de referência da matéria-prima leite, para que as relações no setor sejam mais justas e transparentes. Com isso, a produção leiteira do estado se fortalece como um todo.

Representantes do Conseleite Santa Cantarina

Conheça os representantes que formam o Conseleite Santa Catarina

Representantes
  • Representantes Conseleite/SC

  • Câmara Técnica Conseleite/SC

Representantes

  • Representantes Conseleite/SC

  • Câmara Técnica Conseleite/SC

Fechar

Diretoria

PRESIDÊNCIA

Selvino Geisel

Selvino Geisel

Presidente

José Carlos Araújo

José Carlos Araújo

Vice-Presidente

REPRESENTANTES DOS PRODUTORES

CONSELHEIROS TITULARES

Imagem José Zeferino Pedrozo

José Zeferino Pedrozo

Imagem Ernani Luiz Zortea

Ernani Luiz Zortea

Imagem José Carlos Araújo

José Carlos Araújo

Imagem Rodrigo Peretti

Rodrigo Peretti

Imagem Raul Meier

Raul Meier

Imagem Arno Thaler

Arno Thaler

Imagem Fernando Luiz Deitos

Fernando Luiz Deitos

Imagem Maria Rozinete Souza Effting

Maria Rozinete Souza Effting

REPRESENTANTES DOS PRODUTORES

CONSELHEIROS SUPLENTES

Imagem Marcos Vinícios Bergamin

Marcos Vinícios Bergamin

Imagem Gilberto Schroeder

Gilberto Schroeder

Imagem Jair Berkembrock

Jair Berkembrock

Imagem Ricardo Pernlochner

Ricardo Pernlochner

Imagem Valdenir Gaio

Valdenir Gaio

Imagem Heron Laipelt Schlickmann

Heron Laipelt Schlickmann

Imagem Ezequiel Martins

Ezequiel Martins

Imagem Odirlei Manoel Ansiliero

Odirlei Manoel Ansiliero

REPRESENTANTES DAS INDÚSTRIAS DE LEITE

CONSELHEIROS TITULARES

Imagem Valter Antônio Brandalise - Tirol

Valter Antônio Brandalise - Tirol

Imagem Cleiton Dapper - Lactvit

Cleiton Dapper - Lactvit

Imagem Cláudio Cesar Wilsmann - Regina

Cláudio Cesar Wilsmann - Regina

Imagem Daniel Eidt - São João

Daniel Eidt - São João

Imagem Evair Porsch - Cooperoeste

Evair Porsch - Cooperoeste

Imagem José Baldoíno França - Piracanjuba

José Baldoíno França - Piracanjuba

Imagem Selvino Giesel - Aurora

Selvino Giesel - Aurora

Imagem Auri Vilmar Meisterlim - Lorenzo

Auri Vilmar Meisterlim - Lorenzo

REPRESENTANTES DAS INDÚSTRIAS DE LEITE

CONSELHEIROS SUPLENTES

Imagem Alexandre Strassburger - Aurora

Alexandre Strassburger - Aurora

Imagem Cássio Bueno - Piracanjuba

Cássio Bueno - Piracanjuba

Imagem Márcio Roberto Felipe - Áurea

Márcio Roberto Felipe - Áurea

Imagem Cleivi Tassoneiro - Tirolez

Cleivi Tassoneiro - Tirolez

Imagem Fabiana Carla Busanello - Galvão

Fabiana Carla Busanello - Galvão

Imagem Márcio Doerner - Doerner

Márcio Doerner - Doerner

Imagem Paulo Papenborg - Papenborg

Paulo Papenborg - Papenborg

Imagem Felipe Velt - Lactalis

Felipe Velt - Lactalis

REPRESENTANTES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

Imagem Vania Di Addario Guimarães

Vania Di Addario Guimarães

Imagem José Roberto Canziani

José Roberto Canziani

SECRETARIA EXECUTIVA

Imagem Amabili Neckel - Sindileite - SC

Amabili Neckel - Sindileite - SC

Imagem Andreia Barbieri Zanluchi - FAESC

Andreia Barbieri Zanluchi - FAESC

Câmara Técnica Conseleite Santa Catarina - Produtores

CONSELHEIROS TITULARES

Imagem José Carlos Araújo

José Carlos Araújo

Imagem Ernani Luiz Zortea

Ernani Luiz Zortea

Imagem Maria Rosinete Souza Effting

Maria Rosinete Souza Effting

Imagem Evandro Uberdan Anater

Evandro Uberdan Anater

Imagem Fernando da Silveira

Fernando da Silveira

Câmara Técnica Conseleite Santa Catarina - Produtores

CONSELHEIROS SUPLENTES

Imagem Arno Thaler

Arno Thaler

Imagem Ricardo Pernlochner

Ricardo Pernlochner

Imagem Gilberto Schroeder

Gilberto Schroeder

Imagem Paula Araújo Dias Coimbra Nunes

Paula Araújo Dias Coimbra Nunes

Imagem Jeam Carlos Palavro

Jeam Carlos Palavro

Câmara Técnica Conseleite Santa Catarina - Indústrias

CONSELHEIROS TITULARES

Imagem Geferson Lucas Capitâneo

Geferson Lucas Capitâneo

Imagem Alexandre H. Strassburger

Alexandre H. Strassburger

Imagem Cássio Bueno

Cássio Bueno

Imagem Daniel Eidt

Daniel Eidt

Imagem Evair Porsch

Evair Porsch

Câmara Técnica Conseleite Santa Catarina - Indústrias

CONSELHEIROS SUPLENTES

Imagem João Maria Martins

João Maria Martins

Imagem Auri Meisterlin

Auri Meisterlin

Imagem Marcelo Batista da Silva

Marcelo Batista da Silva

Imagem Giovani Hartcoppf

Giovani Hartcoppf

Imagem Moisés Muchinski

Moisés Muchinski

Representantes da Universidade Federal do Paraná

Imagem Vania Di Addario Guimarães

Vania Di Addario Guimarães

Imagem José Roberto Canziani

José Roberto Canziani

Secretaria Executiva

Imagem Amabili Neckel - Sindileite - SC

Amabili Neckel - Sindileite - SC

Imagem Andreia Barbieri Zanluchi - FAESC

Andreia Barbieri Zanluchi - FAESC

Estatuto do Conseleite

O Estatuto do Conseleite Santa Catarina é formado por 5 capítulos que apresentam as características e deveres: da entidade, dos associados, da diretoria, da gestão financeira da entidade, além das disposições gerais.
Acessar

Simulação de Valores de Referência*

Para fazer a simulação, digite os valores da análise do seu leite e o volume médio entregue diariamente. Em seguida, clique no botão "Calcular".

Teores analisados

Ágio ou Deságio (R$/litro)

Janeiro/2024

Fevereiro/2024

Março/2024

Gordura (%)

=

Proteína (%)

=

CCS (mil cél/ml) **

=

CBT (mil ufc/ml) **

=

Volume entregue (litros/dia)

=

Resultados

jan/2024

(Leite entregue em Dezembro/2023 a ser pago em Fevereiro/2024)

fev/2024

(Leite entregue em Janeiro/2024 a ser pago em Março/2024 )

mar/2024 - Projeção

(Leite entregue em Fevereiro/2024 a ser pago em Abril/2024 )

Valores de referência do leite padrão*

Valores de referência para o leite analisado

Diferença (ágio ou deságio) em relação do leite padrão

Observações

Outros parâmetros são considerados pelo mercado para estabelecer o valor final do leite a ser pago ao produtor, tais como:

  1. 1) Fidelidade do produtor junto ao laticínio;
  2. 2) Distância da propriedade ao latcínio;
  3. 3) Qualidade da estrada de acesso à propriedade rural;
  4. 4) Temperetura de entrega do leite;
  5. 5) Capacidade dos tanques do resfriamento do leite da propriedade
  6. 6) Tipo de ordenha
  7. 7) Adicionais de mercado devido a oferta e procura pelo leite na região. Estes parâmetros não estão comtemplados neste simulador de valores de referência do Conseleite.

(*) O "Valor de referência Leite PADRÃO" refere-se a um leite que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia.

(**) Os teores de Contagem de Células Somáticas (CCS) e Contagem Bacteriana (CBT) para o "leite analisado" devem corresponder à média geométrica das análises da matéria-prima leite realizadas nos últimos 3 meses. A utilização da média aritmética é desaconselhável, pois sempre resultam em menores ágios ou maiores deságios para a matéria-prima leite.

Valores de referência

Selecione o ano
Selecione o mês
  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

Matéria-prima Valores Finais Dezembro/2007 Valores Projetados Janeiro/2008 Variação (Janeiro-Dezembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,5664 0,5653 -0,0010
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,4925 0,4916 -0,0009
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,4477

0,4469 -0,0008

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Janeiro/2008 Valores Projetados Fevereiro/2008 Variação (Fevereiro-Janeiro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,5686 0,5811 0,0125
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,4944 0,5053 0,0109
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,4495

0,4495 0,0099

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Fevereiro/2008 Valores Projetados Março/2008 Variação (Março-Fevereiro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,5887 0,6312 0,0426
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5119 0,5489 0,0370
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,4654

0,4990 0,0336

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Março/2008 Valores Projetados Abril/2008 Variação (Abril - Março)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6420 0,6675 0,0254
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5583 0,5804 0,0221
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,5075

0,5276 0,0201

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Abril/2008 Valores Projetados Maio/2008 Variação (Maio - Abril)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6611 0,6691 0,0079
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5749 0,5818 0,0069
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,5226

0,5289 0,0063

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Maio/2008 Valores Projetados Junho/2008 Variação (Junho-Maio)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6746 0,6915 0,0169
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5866 0,6013 0,0147
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,5333

0,5466 0,0134

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Junho/2008 Valores Projetados Julho/2008 Variação (Julho - Junho)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6806 0,6668 -0,0138
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5918 0,5798 -0,0120
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,5380

0,5271 -0,0109

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Julho/2008 Valores Projetados Agosto/2008 Variação (Agosto - Julho
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6470 0,5871 -0,0599
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5626 0,5105 -0,0521
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,5115

0,4641 -0,0474

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Agosto/2008 Valores Projetados Setembro/2008 Variação (Setembro - Agosto)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,5736 0,5463 -0,0274
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,4988 0,4750 -0,0238
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,4535

0,4318 -0,0216

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Setembro/2008 Valores Projetados Outubro/2008 Variação (Outubro-Setembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,5488 0,5578 0,0090
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,4772 0,4850 0,0078
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,4338

0,4409 0,0071

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Outubro/2008 Valores Projetados Novembro/2008 Variação (Novembro - Outubro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,5741 0,6061 0,0320
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,4992 0,5270 0,0278
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,4538

0,4791 0,0253

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Novembro/2008 Valores Projetados Dezembro/2008 Variação (Dezembro - Novembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6117 0,6115 -0,0002
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5319 0,5317 -0,0002
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,4835 0,4834 -0,0001

Veja aqui a tabela que originou estes dados

  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

Matéria-prima Valores Finais Dezembro/2009 Valores Projetados Janeiro/2010 Variação (Janeiro-Dezembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,5665 0,5824 0,0159
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,4926 0,5064 0,0138
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,4478 0,4604 0,0126

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Janeiro/2010 Valores Projetados Fevereiro/2010 Variação (Fevereiro - Janeiro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,5896 0,6231 0,0335
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5127 0,5419 0,0292
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,4661 0,4926 0,0265

Veja aqui a tabela que originou estes dados.
Matéria-prima Valores Finais Fevereiro/2010 Valores Projetados Março/2010 Variação (Março - Fevereiro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6351 0,6842 0,0491
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5523 0,5949 0,0426
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5021 0,5408 0,0387

Veja aqui a tabela que originou estes dados.
Matéria-prima Valores Finais Março/2010 Valores Projetados Abril/2010 Variação (Abril - Março)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7127 0,7474 0,0347
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6197 0,6499 0,0302
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5634 0,5908 0,0274

Veja aqui a tabela que originou estes dados.
Matéria-prima Valores Finais Abril/2010 Valores Projetados Maio/2010 Variação (Maio - Abril)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7570 0,7459 -0,0111
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6583 0,6486 -0,0097
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5985 0,5896 -0,0089

- Veja aqui a tabela que originou estes dados.
Matéria-prima Valores Finais Maio/2010 Valores Projetados Junho/2010 Variação (Junho - Maio)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7234 0,6866 -0,0368
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6290 0,5970 -0,0320
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5718 0,5427 -0,0291

Veja aqui a tabela que originou estes dados.
Matéria-prima Valores Finais Junho/2010 Valores Projetados Julho/2010 Variação (Julho - Junho)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6742 0,6469 -0,0273
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5863 0,5625 -0,0238
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5330 0,5114 -0,0216

Veja aqui a tabela que originou estes dados.
Matéria-prima Valores Finais Julho/2010 Valores Projetados Agosto/2010 Variação (Agosto - Julho)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6439 0,6433 -0,0006
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5599 0,5594 -0,0005
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5090 0,5085 -0,0005

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Agosto/2010 Valores Projetados Setembro/2010 Variação (Setembro-Agosto)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6445 0,6578 0,0133
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5605 0,5720 0,0115
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5095 0,5200 0,0105

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Setembro/2010 Valores Projetados Outubro/2010 Variação (Outubro-Setembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6593 0,6701 0,0108
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5733 0,5827 0,0094
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5212 0,5297 0,0085

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Outubro/2010

Valores Projetados Novembro/2010

Variação (Novembro -Outubro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6706 0,6974 0,0268
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5831 0,6064 0,0233
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5301 0,5513 0,0212

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Novembro/2010

Valores Projetados Dezembro/2010

Variação (Dezembro-Novembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7114 0,7296 0,0182
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6186 0,6344 0,0158
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5624 0,5767 0,0143

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

Matéria-prima Valores Finais Dezembro/2009 Valores Projetados Janeiro/2009 Variação (Janeiro - Dezembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6106 0,6025 -0,0081
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5310 0,5240 -0,0070
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,4827 0,4763 -0,0064

Veja aqui a tabela que originou estes dados

Matéria-prima Valores Finais Janeiro/2009 Valores Projetados Fevereiro/2009 Variação (Fevereiro - Janeiro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6042 0,6062 0,0020
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5254 0,5271 0,0017
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,4776 0,4792 0,0014

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Fevereiro/2009 Valores Projetados Março/2009 Variação (Março Fevereiro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6067 0,76090 0,0023
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5276 0,5296 0,0020
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,4796 0,4815 0,0019

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Março/2009 Valores Projetados Abril/2009 Variação (Abril - Março)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6166 0,6277 0,0110
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5362 0,5458 0,0096
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,4875 0,4962 0,0087

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Abril/2009 Valores Projetados Maio/2009 Variação (Maio - Abril)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6492 0,7206 0,0714
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5645 0,6266 0,0621
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5132 0,5696 0,0565

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Maio/2009 Valores Projetados Junho/2009 Variação (Junho - Maio)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7424 0,8129 0,0705
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6456 0,7069 0,0613
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5869 0,6426 0,0557

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Junho/2009 Valores Projetados Julho/2009 Variação (Julho - Junho)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,8297 0,8342 0,0045
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,7215 0,7254 0,0039
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6559 0,6595 0,0034

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Julho/2009 Valores Projetados Agosto/2009 Variação (Agosto - Julho)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7631 0,6994 -0,0637
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6636 0,6082 -0,0554
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6033 0,5529 -0,0504

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Agosto/2009 Valores Projetados Setembro/2009 Variação (Setembro-Agosto
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6849 0,6729 -0,0120
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5956 0,5851 -0,0105
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5415 0,5319 -0,0096

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Setembro/2009 Valores Projetados Outubro/2009 Variação (Outubro-Setembro
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6438 0,5798 -0,0640
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5598 0,5042 -0,0556
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5089 0,4584 -0,0505

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Outubro/2009 Valores Projetados Novembro/2009 Variação (Novembro-Outubro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,5760 0,5783 0,0023
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5009 0,5029 0,0020
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,4554 0,4572 0,0018

Veja aqui a tabela que originou estes dados

Matéria-prima Valores Finais Novembro/2009 Valores Projetados Dezembro/2009 Variação (Dezembro-Novembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,5596 0,5551 -0,0045
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,4866 0,4827 -0,0039
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,4424 0,4388 -0,0036

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

Valores de Referência (Janeiro 2021) - Sem Publicação.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 01/2022

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 25 de Fevereiro de 2022 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Janeiro de 2022 e a projeção dos valores de referência para o mês de Fevereiro de 2022. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Períodos de apuração

Mês de Janeiro/2022: De 03/01/2022 a 30/01/2022

Parcial Fevereiro /2022: De 31/01/2022 a 20/02/2022

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 25 de Fevereiro de 2022

VALTER ANTONIO BRANDALISE JOSÉ ARAÚJO

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 02/2022

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 25 de Março de 2022 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Fevereiro de 2022 e a projeção dos valores de referência para o mês de Março de 2022. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Fevereiro/2022: De 31/01/2022 a 27/02/2022

Parcial Março/2022: De 28/02/2022 a 20/03/2022

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 25 de Março de 2022

VALTER ANTONIO BRANDALISE JOSÉ ARAÚJO

Presidente Vice-Presidente

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 04/2022

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 22 de Abril de 2022 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Março de 2022 e a projeção dos valores de referência para o mês de Abril de 2022. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Março/2022: De 28/02/2022 a 27/03/2022

Parcial Abril/2022: De 28/03/2022 a 17/04/2022

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 22 de Abril de 2022

VALTER ANTONIO BRANDALISE JOSÉ ARAÚJO

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 04/2022

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 26 de Maio de 2022 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Abril de 2022 e a projeção dos valores de referência para o mês de Maio de 2022. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Abril/2022: De 28/03/2022 a 01/05/2022

Parcial Maio/2022: De 02/05/2022 a 22/05/2022

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 26 de Maio de 2022

VALTER ANTONIO BRANDALISE JOSÉ ARAÚJO

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 06/2022

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 24 de Junho de 2022 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Maio de 2022 e a projeção dos valores de referência para o mês de Junho de 2022. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Períodos de apuração

Mês de Maio/2022: De 02/05/2022 a 29/05/2022

Parcial Junho/2022: De 30/05/2022 a 19/06/2022

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 24 de Junho de 2022

SELVINO GIESEL JOSÉ ARAÚJO

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 06/2022

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 22 de Julho de 2022 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Junho de 2022 e a projeção dos valores de referência para o mês de Julho de 2022. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Períodos de apuração

Mês de Junho/2022: De 30/05/2022 a 03/07/2022

Parcial Julho/2022: De 04/07/2022 a 17/07/2022

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 22 de Julho de 2022

SELVINO GIESEL JOSÉ ARAÚJO

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 08/2022

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 24 de Agosto de 2022 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Julho de 2022 e a projeção dos valores de referência para o mês de Agosto de 2022. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)


1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Julho/2022: De 04/07/2022 a 31/07/2022 Parcial Agosto/2022: De 01/08/2022 a 21/08/2022

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 24 de Agosto de 2022

SELVINO GIESEL JOSÉ ARAÚJO

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 09/2022

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 23 de Setembro de 2022 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Agosto de 2022 e a projeção dos valores de referência para o mês de Setembro de 2022. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Períodos de apuração

Mês de Agosto/2022: De 01/08/2022 a 28/08/2022

Parcial Setembro/2022: De 29/08/2022 a 18/09/2022

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 23 de Setembro de 2022

SELVINO GIESEL JOSÉ ARAÚJO

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 10/2022

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 26 de Outubro de 2022 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Setembro de 2022 e a projeção dos valores de referência para o mês de Outubro de 2022. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Períodos de apuração

Mês de Setembro/2022: De 29/08/2022 a 02/10/2022

Parcial Outubro/2022: De 03/10/2022 a 23/10/2022

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 26 de Outubro de 2022

JOSÉ ARAÚJO SELVINO GIESEL

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE SANTA CATARINA

NOTA TÉCNICA

Revisão do Conseleite

O Conseleite Santa Catarina informa a aprovação dos estudos técnicos de atualização de parâmetros do modelo Conseleite. A Câmara Técnica do Conseleite Santa Catarina, composta paritariamente por representantes das indústrias e dos produtores rurais atualizou os custos de fabricação e de comercialização dos derivados, os custos de captação do leite e os custos dos sistemas referenciais de produção de leite do Estado.

Para facilitar a negociação da matéria-prima leite entre indústrias e produtores serão publicados os valores de referência do leite na modalidade SEM REVISÃO e COM REVISÃO até o mês de dezembro/2022. A partir de janeiro de 2023 serão publicados apenas os valores de referência após a revisão.

Na calculadora do Conseleite Santa Catarina serão considerados apenas os valores COM revisão.

Santa Catarina, 25 de Novembro de 2022

JOSÉ ARAÚJO SELVINO GIESEL

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 10/2022

A T E N Ç Ã O

Na reunião do mês de novembro/2022, o Conselho aprovou os resultados dos estudos da Câmara Técnica relativos aos custos de produção de produtores e indústrias que resultam em novos valores de referência para os derivados lácteos considerados no modelo. A diretoria do Conseleite-Santa Catarina alerta que não há comparabilidade com os valores divulgados anteriormente. Serão divulgados valores de referência com e sem revisão até o mês de dezembro e a partir de janeiro de 2.023, apenas valores com revisão.

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 25 de Novembro de 2022 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Outubro de 2022 e a projeção dos valores de referência para o mês de Novembro de 2022. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Períodos de apuração

Mês de Outubro/2022: De 03/10/2022 a 30/10/2022

Parcial Novembro/2022: De 31/10/2022 a 20/11/2022

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 25 de Novembro de 2022

JOSÉ ARAÚJO SELVINO GIESEL

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 12/2022

A T E N Ç Ã O

Na reunião do mês de novembro/2022, o Conselho aprovou os resultados dos estudos da Câmara Técnica relativos aos custos de produção de produtores e indústrias que resultam em novos valores de referência para os derivados lácteos considerados no modelo. A diretoria do Conseleite-Santa Catarina alerta que não há comparabilidade com os valores divulgados anteriormente. Serão divulgados valores de referência com e sem revisão até o mês de dezembro e a partir de janeiro de 2.023, apenas valores com revisão.

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 16 de Dezembro de 2022 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Novembro de 2022 e a projeção dos valores de referência para o mês de Dezembro de 2022. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Períodos de apuração

Mês de Novembro/2022: De 31/10/2022 a 27/11/2022

Parcial Dezembro/2022: De 28/11/2022 a 11/12/2022

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 16 de Dezembro de 2022

JOSÉ ARAÚJO

Presidente

SELVINO GIESEL

Vice-Presidente

  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 1/2023

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 27 de Janeiro de 2023 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Dezembro de 2022 e a projeção dos valores de referência para o mês de Janeiro de 2023. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.


Períodos de apuração

Mês de Dezembro/2022: De 28/11/2022 a 01/01/2023

Parcial Janeiro/2023: De 02/01/2023 a 22/01/2023

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 27 de Janeiro de 2023


JOSÉ ARAÚJO

Presidente

SELVINO GIESEL

Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 2/2023

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 24 de Fevereiro de 2023 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Janeiro de 2023 e a projeção dos valores de referência para o mês de Fevereiro de 2023. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Períodos de apuração

Mês de Janeiro/2023: De 02/01/2023 a 29/01/2023

Parcial Fevereiro/2023: De 30/01/2023 a 19/02/2023

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 23 de Fevereiro de 2023


JOSÉ ARAÚJO

Presidente

SELVINO GIESEL

Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 3/2023

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 24 de Março de 2023 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Fevereiro de 2023 e a projeção dos valores de referência para o mês de Março de 2023. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)


Períodos de apuração

Mês de Fevereiro/2023: De 30/01/2023 a 26/02/2023

Parcial Março/2023: De 27/02/2023 a 19/03/2023

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 24 de Março de 2023

JOSÉ ARAÚJO SELVINO GIESEL

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 4/2023

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 28 de Abril de 2023 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Março de 2023 e a projeção dos valores de referência para o mês de Abril de 2023. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)


Períodos de apuração

Mês de Março/2023: De 27/02/2023 a 02/04/2023

Parcial Abril/2023: De 03/02/2023 a 23/04/2023

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 28 de Abril de 2023

JOSÉ ARAÚJO

Presidente


SELVINO GIESEL

Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 5/2023

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 26 de Maio de 2023 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Abril de 2023 e a projeção dos valores de referência para o mês de Maio de 2023. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Períodos de apuração

Mês de Abril/2023: De 03/02/2023 a 30/04/2023

Parcial Maio/2023: De 01/05/2023 a 21/05/2023

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 26 de Maio de 2023


JOSÉ ARAÚJO

Presidente


SELVINO GIESEL

Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 6/2023

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 23 de Junho de 2023 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Maio de 2023 e a projeção dos valores de referência para o mês de Junho de 2023. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)


Períodos de apuração

Mês de Maio/2023: De 01/05/2023 a 28/05/2023

Parcial Junho/2023: De 29/05/2023 a 18/05/2023

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 23 de Junho de 2023

JOSÉ ARAÚJO

Presidente


SELVINO GIESEL

Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 7/2023

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 28 de Julho de 2023 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Junho de 2023 e a projeção dos valores de referência para o mês de Julho de 2023. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)


Períodos de apuração

Mês de Junho/2023: De 29/05/2023 a 02/07/2023

Parcial Julho/2023: De 03/07/2023 a 23/07/2023

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.


Santa Catarina, 28 de Julho de 2023


JOSÉ ARAÚJO

Presidente


SELVINO GIESEL

Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 8/2023

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 25 de Agosto de 2023 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Julho de 2023 e a projeção dos valores de referência para o mês de Agosto de 2023. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)


Períodos de apuração

Mês de Julho/2023: De 03/07/2023 a 30/07/2023

Parcial Agosto/2023: De 31/07/2023 a 20/08/2023

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.


Santa Catarina, 25 de Agosto de 2023

JOSÉ ARAÚJO

Presidente

SELVINO GIESEL

Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 9/2023

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 29 de Setembro de 2023 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Agosto de 2023 e a projeção dos valores de referência para o mês de Setembro de 2023. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Períodos de apuração

Mês de Agosto/2023: De 31/07/2023 a 03/09/2023

Parcial Setembro/2023: De 04/09/2023 a 24/09/2023

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.


Santa Catarina, 29 de Agosto de 2023

SELVINO GIESEL

Presidente


JOSÉ ARAÚJO

Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 10/2023

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 27 de Outubro de 2023 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Setembro de 2023 e a projeção dos valores de referência para o mês de Outubro de 2023. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Períodos de apuração

Mês de Setembro/2023: De 04/09/2023 a 01/10/2023

Parcial Outubro/2023: De 02/10/2023 a 22/10/2023

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 27 de Outubro de 2023

SELVINO GIESEL

Presidente

JOSÉ ARAÚJO

Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 11/2023

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 24 de Novembro de 2023 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Outubro de 2023 e a projeção dos valores de referência para o mês de Novembro de 2023. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Períodos de apuração

Mês de Outubro/2023: De 02/10/2023 a 29/10/2023

Parcial Novembro/2023: De 30/10/2023 a 19/11/2023

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 24 de Novembro de 2023

SELVINO GIESEL

Presidente


JOSÉ ARAÚJO

Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 12/2023

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 15 de Dezembro de 2023 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Novembro de 2023 e a projeção dos valores de referência para o mês de Dezembro de 2023. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Períodos de apuração

Mês de Novembro/2023: De 30/10/2023 a 26/11/2023

Parcial Dezembro/2023: De 27/11/2023 a 10/12/2023

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.



Santa Catarina, 15 de Dezembro de 2023



SELVINO GIESEL

Presidente


JOSÉ ARAÚJO

Vice-Presidente

  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 1/2016

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 21 de Janeiro de 2016 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Dezembro de 2015 e a projeção dos preços de referência para o mês de Janeiro de 2016. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Dezembro/2015

Valores Projetados Janeiro/2016

Variação (Janeiro - Dezembro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0795 1,0817 0,0022
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9387 0,9406 0,0019
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8534 0,8551 0,0017

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 2/2016

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 18 de Fevereiro de 2016 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Janeiro de 2016 e a projeção dos preços de referência para o mês de Fevereiro de 2016. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Janeiro/2016

Valores Projetados Fevereiro/2016

Variação (Fevereiro - Janeiro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0978 1,1244 0,0266
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9546 0,9777 0,0231
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8678 0,8888 0,0210

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 3/2016

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 24 de Março de 2016 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Fevereiro de 2016 e a projeção dos preços de referência para o mês de Março de 2016. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Fevereiro/2016

Valores Projetados Março/2016

Variação (Março - Fevereiro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,1677 1,1982 0,0305
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,0154 1,0419 0,0265
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,9231 0,9472 0,0241

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 4/2016

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 14 de Abril de 2016 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Março de 2016 e a projeção dos preços de referência para o mês de Abril de 2016. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Março/2016

Valores Projetados Abril/2016

Variação (Abril - Março)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,2250 1,2727 0,0477
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,0652 1,1067 0,0415
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,9684 1,0061 0,0377

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 5/2016

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 19 de Maio de 2016 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Abril de 2016 e a projeção dos preços de referência para o mês de Maio de 2016. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Abril/2016

Valores Projetados Maio/2016

Variação (Maio - Abril)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,2841 1,3040 0,0199
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,1166 1,1339 0,0173
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 1,0151 1,0308 0,0157

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 6/2016

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 16 de Junho de 2016 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Maio de 2016 e a projeção dos preços de referência para o mês de Junh de 2016. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Maio/2016

Valores Projetados Junho/2016

Variação (Junho - Maio)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,3145 1,4085 0,0940
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,1430 1,2248 0,0818
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 1,0391 1,1135 0,0744

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 7/2016

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 21 de Julho de 2016 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Junho de 2016 e a projeção dos preços de referência para o mês de Julho de 2016. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Junho/2016

Valores Projetados Julho/2016

Variação (Julho - Junho)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,5367 1,7848 0,2481
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,3363 1,5520 0,2157
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 1,2148 1,4109 0,1961

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 8/2016

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 18 de Agosto de 2016 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Julho de 2016 e a projeção dos preços de referência para o mês de Agosto de 2016. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.


Matéria-prima

Valores finais Julho/2016

Valores Projetados Agosto/2016

Variação (Agosto - Julho)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,7825 1,6448 -0,1377
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,5500 1,4303 -0,1197
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 1,4091 1,3003 -0,1088

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 9/2016

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 22 de Setembro de 2016 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Agosto de 2016 e a projeção dos preços de referência para o mês de Setembro de 2016. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.


Matéria-prima

Valores finais Agosto/2016

Valores Projetados Setembro/2016

Variação (Setembro - Agosto)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,5235 1,2775 -0,2460
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,3248 1,1109 -0,2139
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 1,2044 1,0099 -0,1945


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 10/2016

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 20 de Outubro de 2016 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Setembro de 2016 e a projeção dos preços de referência para o mês de Outubro de 2016. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.


Matéria-prima

Valores finais Setembro/2016

Valores Projetados Outubro/2016

Variação (Outubro -Setembro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,2709 1,1990 -0,0719
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,1051 1,0426 -0,0625
III - Leite abaixo do padrão -0Menor valor de referência 1,0046 0,9478 -0,0568


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 11/2016

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 17 de Novembro de 2016 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Outubro de 2016 e a projeção dos preços de referência para o mês de Novembro de 2016. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.


Matéria-prima

Valores finais Outubro/2016

Valores Projetados Novembro/2016

Variação (Novembro - Outubro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,2030 1,1759 -0,0271
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,0461 1,0225 -0,0236
III - Leite abaixo do padrão -0Menor valor de referência 1,9510 0,9295 -0,0215


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 12/2016

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 15 de Dezembro de 2016 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Novembro de 2016 e a projeção dos preços de referência para o mês de Dezembro de 2016. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Novembro/2016

Valores Projetados Dezembro/2016

Variação (Dezembro Novembro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,1492 1,1783 0,0291
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9993 1,0246 0,0253
III - Leite abaixo do padrão -0Menor valor de referência 0,9085 0,9315 0,0230


  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 1/2015

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 22 de Janeiro de 2015 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Dezembro de 2014 e a projeção dos preços de referência para o mês de Janeiro de 2015. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.



Matéria-prima

Valores Finais Dezembro/2014

Valores Projetados Janeiro/2015

Variação (Janeiro - Dezembro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,9059 0,8888 -0,0171
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,7877 0,7729 -0,0148
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,7161 0,7026 -0,0135


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 2/2015

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 19 de Fevereiro de 2015 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Janeiro de 2015 e a projeção dos preços de referência para o mês de Fevereiro de 2015. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Janeiro/2015

Valores Projetados Fevereiro/2015

Variação (Fevereiro-Janeiro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,8906 0,8962 0,0056
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,7744 0,7793 0,0049
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,7040 0,7085 0,0045


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 3/2015

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 19 de Março de 2015 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Fevereiro de 2015 e a projeção dos preços de referência para o mês de Março de 2015. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.



Matéria-prima

Valores Finais Fevereiro/2015

Valores Projetados Março/2015

Variação (Março - Fevereiro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,9046 0,9612 0,0556
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,7866 0,8358 0,0492
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,7151 0,7598 0,0047


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 4/2015

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 16 de Abril de 2015 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Março de 2015 e a projeção dos preços de referência para o mês de Abril de 2015. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.


Matéria-prima

Valores Finais Março/2015

Valores Projetados Abril/2015

Variação (Abril - Março)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,9906 1,0234 0,0328
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,8614 0,8899 0,0285
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,7831 0,8090 0,0259


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 5/2015

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 21 de Maio de 2015 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Abril de 2015 e a projeção dos preços de referência para o mês de Maio de 2015. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.


Matéria-prima

Valores Finais Abril/2015

Valores Projetados Maio/2015

Variação (Maio - Abril)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0169 1,0020 -0,0149
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,8843 0,8713 -0,0130
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8039 0,7921 -0,0118

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 6/2015

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 18 de Junho de 2015 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Maio de 2015 e a projeção dos preços de referência para o mês de Junho de 2015. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Maio/2015

Valores Projetados Junho/2015

Variação (Junho -Maio)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0206 1,0586 0,0380
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,8875 0,9205 0,0330
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8068 0,8368 0,0300

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 7/2015

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 23 de Julho de 2015 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Junho de 2015 e a projeção dos preços de referência para o mês de Julho de 2015. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Junho/2015

Valores Projetados Julho/2015

Variação (Julho - Junho)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0749 1,0681 -0,0068
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9347 0,9288 -0,0059
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8497 0,8444 -0,0053


1/ - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

O leite padrão é aquele que contém entre 3,51 e 3,60% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 8,61 e 8,70% de sólidos não gordurosos, entre 451 e 500 mil células somáticos/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana.

O leite abaixo do padrão é aquele que contém 3,00 a 3,05% de gordura, entre 2,90 e 2,95% de proteína, entre 8,40 e 8,50% de sólidos não gordurosos, no máximo 600 mil células somáticos/ml e no máximo 600 mil ufc/ml de contagem bacteriana. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 8/2015

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 20 de Agosto de 2015 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Junho de 2015 e a projeção dos preços de referência para o mês de Agosto de 2015. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Julho/2015

Valores Projetados Agosto/2015

Variação (Agosto - Julho)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0670 1,0571 -0,0099
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9278 0,9192 -0,0086
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8435 0,8356 -0,0079



CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 9/2015

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 17 de Setembro de 2015 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Agosto de 2015 e a projeção dos preços de referência para o mês de Setembro de 2015. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Agosto/2015

Valores Projetados Setembro/2015

Variação (Setembro - Agosto)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0501 1,0368 -0,0133
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9131 0,9016 -0,0115
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8301 0,8196 -0,0105


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 10/2015

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 22 de Outubro de 2015 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Setembro de 2015 e a projeção dos preços de referência para o mês de Outubro de 2015. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Setembro /2015

Valores Projetados Outubro/2015

Variação (Outubro - Setembro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0325 1,0275 -0,0050
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,8978 0,8935 -0,0043
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8162 0,8123 -0,0039


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 11/2015

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 19 de Novembro de 2015 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Outubro de 2015 e a projeção dos preços de referência para o mês de Novembro de 2015. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Outubro/2015

Valores Projetados Novembro/2015

Variação (Novembro - Outubro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0378 1,0571 0,0193
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9024 0,9192 0,0168
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8204 0,8356 0,0152

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 12/2015

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 17 de Dezembro de 2015 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Novembro de 2015 e a projeção dos preços de referência para o mês de Dezembro de 2015. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Novembro/2015

Valores Projetados Dezembro/2015

Variação (Dezembro - Novembro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0704 1,0777 0,0073
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9908 0,9371 0,0063
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8462 0,8519 0,0057

  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 01/2017

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 19 de Janeiro de 2017 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Dezembro de 2016 e a projeção dos preços de referência para o mês de Janeiro de 2017. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Dezembro/2016

Valores Projetados Janeiro/2017

Variação (Janeiro - Dezembro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,1883 1,2141 0,0258
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,0333 1,0557 0,0224
III - Leite abaixo do padrão -0Menor valor de referência 0,9394 0,9597 0,0203
Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 02/2017

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 16 de Fevereiro de 2017 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Janeiro de 2017 e a projeção dos preços de referência para o mês de Fevereiro de 2017. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Janeiro/2017

Valores Projetados Fevereiro/2017

Variação (Fevereiro - Janeiro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,2400 1,2742 0,0342
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,0783 1,1080 0,0297
III - Leite abaixo do padrão -0Menor valor de referência 0,9803 1,0073 0,0270
Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 03/2017

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 16 de Março de 2017 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Fevereiro de 2017 e a projeção dos preços de referência para o mês de Março de 2017. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Fevereiro/2017

Valores Projetados Março/2017

Variação (Março -Fevereiro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,2760 1,2975 0,0215
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,1096 1,1283 0,0187
III - Leite abaixo do padrão -0Menor valor de referência 1,0087 1,0257 0,0170

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 04/2017

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 20 de Abril de 2017 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Março de 2017 e a projeção dos preços de referência para o mês de Abril de 2017. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Março/2017

Valores Projetados Abril /2017

Variação (Abril - Março)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,3124 1,3412 0,0308
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,1412 1,1680 0,0268
III - Leite abaixo do padrão -0Menor valor de referência 1,0375 1,0618 0,0243


Matéria-prima

Valores finais Abril/2017

Valores Projetados Maio /2017

Variação (Maio - Abril)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,3447 1,3504 0,0057
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,1693 1,1743 0,0050
III - Leite abaixo do padrão -0Menor valor de referência 1,0630 1,0675 0,0045


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 06/2017

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 22 de Junho de 2017 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Maio de 2017 e a projeção dos preços de referência para o mês de Junho de 2017. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Maio/2017

Valores Projetados Junho/2017

Variação (Junho - Maio)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,3493 1,3094 -0,0399
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,1733 1,1386 -0,0347
III - Leite abaixo do padrão -0Menor valor de referência 1,0666 1,0351 -0,0315


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 07/2017

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 20 de Julho de 2017 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Junho de 2017 e a projeção dos preços de referência para o mês de Julho de 2017. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Junho/2017

Valores Projetados Julho/2017

Variação (Julho - Junho)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,3092 1,2366 -0,0726
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,1394 1,0753 -0,0631
III - Leite abaixo do padrão -0Menor valor de referência 1,0349 0,9775 -0,0574


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 08/2017

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 17 de Agosto de 2017 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Julho de 2017 e a projeção dos preços de referência para o mês de Agosto de 2017. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Agosto/2017

Valores Projetados Setembro/2017

Variação (Agosto - Julho)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,2210 1,1966 -0,0244
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,0617 1,0405 -0,0212
III - Leite abaixo do padrão -0Menor valor de referência 0,9652 0,9459 -0,0193


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 09/2017

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 21 de Setembro de 2017 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Agosto de 2017 e a projeção dos preços de referência para o mês de Setembro de 2017. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais Setembro/2017

Valores Projetados Outubro/2017

Variação (Setembro - Agosto)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,1717 1,0910 -0,0807
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,0189 0,9487 -0,0702
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência 0,9263 0,8625 -0,0638


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 10/2017

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 19 de Outubro de 2017 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Setembro de 2017 e a projeção dos preços de referência para o mês de Outubro de 2017. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima Valores finais Outubro/2017
(Leite entregue em setembro a ser pago em outubro)
Valores Projetados Novembro/2017
(Leite entregue em outubro a ser pago em novembro)
Variação (setembro-agosto)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0780 1,0509 -0,0271
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9374 0,9138 -0,0236
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência 0,8522 0,8307 -0,0215

RESOLUÇÃO Nº 11/2017

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Matéria-prima Valores finais Setembro/2017
(Leite entregue em setembro a ser pago em outubro)
Valores Projetados Outubro/2017
(Leite entregue em outubro a ser pago em novembro)
Variação (Outubro-Setembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0780 1,0983 0,0203
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9374 0,9550 0,0176
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência 0,8522 0,8682 0,0160
Matéria-prima Valores finais Outubro/2017
(Leite entregue em outubro a ser pago em novembro)
Valores Projetados Novembro/2017
(Leite entregue em novembro a ser pago em dezembro)
Variação (Novembro-Outubro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0983 1,1553 0,0570
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9550 1,0046 0,0496
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência 0,8682 0,9133 0,0451

1/ - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso

RESOLUÇÃO Nº 12/2017

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Matéria-prima Valores finais Outubro/2017
(Leite entregue em outubro a ser pago em novembro)
Valores Projetados Novembro/2017
(Leite entregue em novembro a ser pago em dezembro)
Variação (Novembro-Outubro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0983 1,1474 0,0491
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9550 0,9977 0,0427
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência 0,8682 0,9070 0,0388
Matéria-prima Valores finais Novembro/2017
(Leite entregue em novembro a ser pago em dezembro)
Valores Projetados Dezembro/2017
(Leite entregue em dezembro a ser pago em janeiro)
Variação (dezembro-novembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência

1,1474

1,1271 -0,0203
II - Leite Padrão - Preço de referência

0,9977

0,9801 -0,0176
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência

0,9070

0,8910 -0,0160

1/ - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso

  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 01/2012

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 19 de Janeiro de 2012 na cidade de Campos Novos, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Dezembro de 2011 e a projeção dos preços de referência para o mês de Janeiro de 2012.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Dezembro/2011 Valores Projetados Janeiro/2012 Variação (Janeiro Dezembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7564 0,7454 -0,0110
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6577 0,6482 -0,0095
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5979 0,5893 -0,0086

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 02/2012

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 16 de Fevereiro de 2012 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Janeiro de 2012 e a projeção dos preços de referência para o mês de Fevereiro de 2012.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Janeiro/2012

Valores Projetados Fevereiro/2012 Variação (Fevereiro - Janeiro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7489 0,7495 0,0006
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6512 0,6517 0,0005
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5920 0,5925 0,0005

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 03/2012

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 15 de Março de 2012 na cidade de Campos Novos, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Fevereiro de 2012 e a projeção dos preços de referência para o mês de Março de 2012.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Fevereiro/2012

Valores Projetados Março/2012

Variação (Março - Fevereiro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7504 0,7480 -0,0024
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6525 0,6504 -0,0021
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5932 0,5913 -0,0019

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 04/2012

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 19 de Abril de 2012 na cidade de Chapecó, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Março de 2012 e a projeção dos preços de referência para o mês de Abril de 2012.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Março/2012

Valores Projetados Abril/2012

Variação (Abril - Março)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7543 0,7730 0,0187
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6559 0,6722 0,0163
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5963 0,6111 0,0148

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 05/2012

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 18 de Maio de 2012 na cidade de Campos Novos, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Abril de 2012 e a projeção dos preços de referência para o mês de Maio de 2012.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Abril/2012

Valores Projetados Maio/2012

Variação (Maio - Abril)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7706 0,7644 -0,0062
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6701 0,6647 -0,0054
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6092 0,6043 -0,0049

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 06/2012

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 15 de Junho de 2012 na cidade de Chapecó, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Maio de 2012 e a projeção dos preços de referência para o mês de Junho de 2012.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Maio/2012

Valores Projetados Junho/2012

Variação (Junho - Maio)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7610 0,7492 -0,0118
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6617 0,6515 -0,0102
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6015 0,5923 -0,0092

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 07/2012

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 19 de Julho de 2012 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Junho de 2012 e a projeção dos preços de referência para o mês de Julho de 2012.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Junho/2012

Valores Projetados Julho/2012

Variação (Julho - Junho)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7559 0,7628 0,0069
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6573 0,6633 0,0060
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5975 0,6030 0,0055

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 08/2012

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 15 de Agosto de 2012 na cidade de Campos Novos, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Julho de 2012 e a projeção dos preços de referência para o mês de Agosto de 2012.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Matéria-prima

Valores Finais Julho/2012

Valores Projetados Agosto/2012

Variação (Agosto - Julho)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7620 0,7636 0,0016
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6626 0,6640 0,0014
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6024 0,6033 0,0012

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 09/2012

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 20 de Setembro de 2012 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Agosto de 2012 e a projeção dos preços de referência para o mês de Setembro de 2012.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Matéria-prima

Valores Finais Agosto/2012

Valores Projetados Setembro/2012

Variação (Setembro - Agosto)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7615 0,7646 0,0031
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6622 0,6649 0,0027
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6020 0,6045 0,0025

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 10/2012

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 19 de Outubro de 2012 na cidade de Campos Novos, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Setembro de 2012 e a projeção dos preços de referência para o mês de Outubro de 2012.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Setembro/2012

Valores Projetados Outubro/2012

Variação (Outubro - Setembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7679 0,7883 0,0204
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6677 0,6845 0,0178
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6070 0,6232 0,0162

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 11/2012

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 22 de Novembro de 2012 na cidade de Chapecó, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Outubro de 2012 e a projeção dos preços de referência para o mês de Novembro de 2012.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Outubro/2012

Valores Projetados Novembro/2012

Variação (Novembro - Outubro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,8003 0,8098 0,0095
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6959 0,7042 0,0083
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6326 0,6402 0,0076

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 12/2012

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 10 de Dezembro de 2012 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Novembro de 2012 e a projeção dos preços de referência para o mês de Dezembro de 2012.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Novembro/2012

Valores Projetados Dezembro/2012

Variação Dezembro -Novembro

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,8140 0,8316 0,0176
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,7078 0,7231 0,0153
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6435 0,6574 0,0139

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

RESOLUÇÃO Nº 01/2018

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Matéria-prima Valores finais Novembro/2017
(Leite entregue em novembro a ser pago em dezembro)
Valores Projetados Dezembro/2017
(Leite entregue em dezembro a ser pago em janeiro)
Variação (Dezembro-Novembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,1474 1,1256 0,0218
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9977 0,9788 0,0189
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência 0,9070 0,8898 0,0172
Matéria-prima Valores finais Dezembro/2017
(Leite entregue em dezembro a ser pago em janeiro)
Valores Projetados Janeiro/2018
(Leite entregue em janeiro a ser pago em fevereiro)
Variação (Janeiro-Dezembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,1256 1,0985 -0,0271
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9788 0,9552 -0,0236
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência 0,8898 0,8684 -0,0214

1/ - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso

RESOLUÇÃO Nº 01/2018

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Matéria-prima Valores finais Dezembro/2017
(Leite entregue em novembro a ser pago em dezembro)
Valores finais Janeiro/2018
(Leite entregue em dezembro a ser pago em janeiro)
Variação (Janeiro-Dezembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,1256 1,1149 -0,0107
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9788 0,9695 -0,0093
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência 0,8898 0,8814 -0,0084
Matéria-prima Valores finais Janeiro/2018
(Leite entregue em dezembro a ser pago em janeiro)
Valores Projetados Fevereiro/2018
(Leite entregue em janeiro a ser pago em fevereiro)
Variação (Fevereiro-Janeiro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,1149 1,1516 0,0367
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9695 1,0014 0,0319
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência 0,8814 0,9104 0,0290

1/ - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso

RESOLUÇÃO Nº 03/2018

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Matéria-prima Valores finais Janeiro/2018
(Leite entregue em janeiro a ser pago em fevereiro)
Valores finais Fevereiro/2018
(Leite entregue em fevereiro a ser pago em março)
Variação (Fevereiro-Janeiro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,1149 1,1647 0,0498
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9695 1,0128 0,0433
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência 0,8814 0,9207 0,0393
Matéria-prima Valores finais Fevereiro/2018
(Leite entregue em fevereiro a ser pago em março)
Valores Projetados Março/2018
(Leite entregue em março a ser pago em abril)
Variação (Março-Fevereiro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,1647 1,2311 0,0664
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,0128 1,0705 0,0577
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência 0,9207 0,9732 0,0525

1/ - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso

RESOLUÇÃO Nº 04/2018

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Matéria-prima Valores finais Fevereiro/2018
(Leite entregue em fevereiro a ser pago em março)
Valores finais Março/2018
(Leite entregue em março a ser pago em abril)
Variação (Março-Fevereiro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,1647 1,2486 0,0839
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,0128 1,0857 0,0729
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência 0,9207 0,9870 0,0663
Matéria-prima Valores finais Março/2018
(Leite entregue em março a ser pago em abril)
Valores Projetados Abril/2018
(Leite entregue em abril a ser pago em maio)
Variação (Abril-Março)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,2486 1,2897 0,0411
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,0857 1,1215 0,0358
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência 0,9870 1,0195 0,0325

1/ - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso

RESOLUÇÃO Nº 05/2018

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Matéria-prima Valores finais Março/2018
(Leite entregue em março a ser pago em abril)
Valores finais Abril/2018
(Leite entregue em abril a ser pago em maio)
Variação (Abril -Março)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,2486 1,2989 0,0503
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,0857 1,1295 0,0438
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência 0,9870 1,0268 0,0398
Matéria-prima Valores finais Abril/2018
(Leite entregue em abril a ser pago em maio)
Valores Projetados Maio/2018
(Leite entregue em maio a ser pago em junho)
Variação (Maio - Abril)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,2989 1,2972 -0,0017
II - Leite Padrão - Preço de referência 1,1295 1,1280 -0,0015
III - Leite abaixo do padrão -Menor valor de referência 1,0268 1,0255 -0,0013

1/ - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 06/2018

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 19 de Junho de 2018 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Maio de 2018 e a projeção dos preços de referência para o mês de Junho de 2018. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Nesta reunião o Conselho aprovou os resultados dos estudos da Câmara Técnica relativos aos custos de produção de produtores e indústrias que resultam em novos valores de referência para os derivados lácteos considerados no modelo. Foram alterados os parâmetros de qualidade do Leite Padrão de acordo com a legislação e as estatísticas relativas ao leite recebido pelas empresas participantes do Conseleite-Santa Catarina. Foram alteradas também as escalas de ágios e deságios para os parâmetros de qualidade e volume.

A diretoria do Conseleite-Santa Catarina alerta que não há comparabilidade com os valores divulgados anteriormente.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1/ - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

A diretoria do Conseleite – Santa Catarina inclui nesta resolução, a título informativo, os parâmetros de qualidade e volume que determinam o leite padrão e as respectivas escalas de ágios e deságios que geram a faixa de valores de referência contidos nas resoluções.

TABELA 01 - IDENTIFICAÇÃO DOS TESTES E DO PADRÃO MÍNIMO PARA O RECEBIMENTO DO LEITE.

TESTES PARA DESCARTE/CONDENAÇÃO

PADRÃO MÍNIMO PARA DESCARTE/ CONDENAÇÃO

LOCAL DE COLETA DA AMOSTRA

PERIODICIDADE DA ANÁLISE/TESTE

CRIOSCOPIA

530* a 555°H

Plataforma do laticínio

Diária/Carga

ALIZAROL

Estável a 72% (v/v)

Propriedade Rural

Diária/Produtor

RESÍDUOS DE ANTIBIÓTICOS E REDUTORES

Ausência

Plataforma do laticínio

Diária/Carga

EXAME DE BRUCELOSE E TUBERCULOSE

Realizado

Propriedade Rural

Anual

(*) Descarte condicionado à análise técnica e à reincidência

TABELA 02 - IDENTIFICAÇÃO DO LEITE PADRÃO E EXEMPLOS DE LEITE CLASSIFICADOS COMO ACIMA E ABAIXO DO PADRÃO.

CLASSIFICAÇÃO DO LEITE SEGUNDO PARÂMETROS DE QUALIDADE DO PRODUTO, VOLUME ENTREGUE E MANEJO DO REBANHO

ÁGIO/DESÁGIO % SOBRE O PREÇO DO LEITE PADRÃO

PONTOS ACUMULADOS

EXEMPLOS DE ENQUADRAMENTO EM CADA FAIXA DE PREÇO

ACIMA DO PADRÃO (Maior valor de referência)

23,00%

2.300 PONTOS POSITIVOS

Leite: gordura (≥4,50%); proteína (≥ 3,51%); células somáticas (< 200 mil); contagem bacteriana (até 50 mil); volume entregue (> 2.000 litros/dia).

LEITE PADRÃO

0,00%

ZERO PONTOS

Leite: gordura (3,50 a 3,59%); proteína (3,11 a 3,15%); células somáticas (450 a 499 mil); contagem bacteriana (251 a 300 mil); volume entregue (até 50 litros/dia).

ABAIXO DO PADRÃO (Menor valor de referência)

-8,00%

800 PONTOS NEGATIVOS

Leite: gordura (3,00 a 3,09%); proteína (2,90% a 2,95%); células somáticas (≥ 700 mil); contagem bacteriana (>500 mil).

PARÂMETROS PARA O CÁLCULO DE ÁGIOS E DESÁGIOS SOBRE O PREÇO DO LEITE PADRÃO:

TABELA 03 - ESCALA DE ÁGIOS E DESÁGIOS PARA OS PARÂMETROS DE QUALIDADE E VOLUME DO LEITE.

TABELA 04 - ESCALA DE ÁGIOS E DESÁGIOS PARA ESTRATOS DE GORDURA.

TABELA 05 - ESCALA DE ÁGIOS E DESÁGIOS PARA ESTRATOS DE PROTEÍNA.

TABELA 06 - ESCALA DE ÁGIOS E DESÁGIOS PARA ESTRATOS DE CÉLULAS SOMÁTICAS.

TABELA 07 - ESCALA DE ÁGIOS E DESÁGIOS PARA ESTRATOS DE CONTAGEM BACTERIANA.

TABELA 8 - ESCALA DE ÁGIOS E DESÁGIOS PARA ESTRATOS DE VOLUME ENTREGUE.

Joaçaba, 21 de Junho de 2018.

VALTER ANTONIO BRANDALISE ADELAR MAXIMILIANO ZIMMER Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 07/2018

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 19 de Julho de 2018 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Junho de 2018 e a projeção dos preços de referência para o mês de Julho de 2018. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1/ - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Florianópolis, 19 de Julho de 2018.

VALTER ANTONIO BRANDALISE ADELAR MAXIMILIANO ZIMMER Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 08/2018

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 16 de Agosto de 2018 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Julho de 2018 e a projeção dos preços de referência para o mês de Agosto de 2018. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de junho: De 01 a 28/06/2018

Mês de julho: De 29/06/2018 a 26/07/2018

Decêndio de agosto: De 27/07/2018 a 09/08/2018

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Joaçaba, 16 de Agosto de 2018.

VALTER ANTONIO BRANDALISE ADELAR MAXIMILIANO ZIMMER Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 09/2018

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 20 de Setembro de 2018 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Julho de 2018 e a projeção dos preços de referência para o mês de Setembro de 2018. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de julho: De 29/06 a 26/07/2018

Mês de agosto: De 27/07/2018 a 29/08/2018

Decêndio de setembro: De 30/08/2018 a 13/09/2018

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Joaçaba, 20 de Setembro de 2018.

VALTER ANTONIO BRANDALISE ADELAR MAXIMILIANO ZIMMER Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 10/2018

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 18 de Outubro de 2018 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Setembro de 2018 e a projeção dos preços de referência para o mês de Outubro de 2018. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de agosto: De 27/07/2018 a 29/08/2018

Mês de setembro: De 30/08/2018 a 27/09/2018

Decêndio de outubro: De 28/09/2018 a 11/10/2018

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Florianópolis, 18 de Outubro de 2018

JOSÉ CARLOS ARAÚJO

Presidente

VALTER ANTONIO BRANDALISE

Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 11/2018

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 22 de Novembro de 2018 na cidade de Chapecó, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Outubro de 2018 e a projeção dos preços de referência para o mês de Novembro de 2018. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de setembro: De 30/08/2018 a 27/09/2018

Mês de outubro: De 28/09/2018 a 01/11/2018

Decêndio de novembro: De 02/11/2018 a 15/11/2018

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Chapecó, 22 de Novembro de 2018

JOSÉ CARLOS ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 12/2018

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 13 de Dezembro de 2018 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Novembro de 2018 e a projeção dos preços de referência para o mês de Dezembro de 2018. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de outubro: De 28/09/2018 a 01/11/2018

Mês de novembro: De 02/11/2018 a 25/11/2018

Decêndio de dezembro: De 26/11/2018 a 09/12/2018

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Joaçaba, 13 de Dezembro de 2018

JOSÉ CARLOS ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE Presidente Vice-Presidente

  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 01/2021

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 22 de Janeiro de 2021 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Dezembro de 2020 e a projeção dos valores de referência para o mês de Janeiro de 2021. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Dezembro/2020: De 30/11/2020 a 03/01/2021

Decêndio de Janeiro/2021: De 04/01/2021 a 17/01/2021

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 22 de Janeiro de 2021

JOSÉ ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 02/2021

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 26 de Fevereiro de 2021 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Janeiro de 2021 e a projeção dos valores de referência para o mês de Fevereiro de 2021. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Janeiro/2021: De 04/01/2021 a 31/01/2021

Parcial Fevereiro/2021: De 01/02/2021 a 21/02/2021

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 26 de Fevereiro de 2021

JOSÉ ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 03/2021

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 26 de Março de 2021 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Fevereiro de 2021 e a projeção dos valores de referência para o mês de Março de 2021. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Fevereiro/2021: De 01/02/2021 a 28/02/2021

Parcial Março/2021: De 01/03/2021 a 21/03/2021

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 26 de Março de 2021

JOSÉ ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 04/2021

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 29 de Abril de 2021 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Março de 2021 e a projeção dos valores de referência para o mês de Abril de 2021. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Março/2021: De 01/03/2021 a 28/03/2021

Parcial Abril/2021: De 29/03/2021 a 25/04/2021

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 29 de Abril de 2021

JOSÉ ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 05/2021

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 27 de Maio de 2021 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Abril de 2021 e a projeção dos valores de referência para o mês de Maio de 2021. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Abril/2021: De 29/03/2021 a 02/05/2021

Parcial Maio/2021: De 03/05/2021 a 23/05/2021

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 27 de Maio de 2021

JOSÉ ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 06/2021

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 25 de Junho de 2021 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Maio de 2021 e a projeção dos valores de referência para o mês de Junho de 2021. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Maio/2021: De 03/05/2021 a 30/05/2021

Parcial Junho/2021: De 31/05/2021 a 20/06/2021

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 25 de Junho de 2021

JOSÉ ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 07/2021

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 29 de Julho de 2021 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Junho de 2021 e a projeção dos valores de referência para o mês de Julho de 2021. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Junho/2021: De 31/05/2021 a 04/07/2021

Parcial Julho/2021: De 05/07/2021 a 25/07/2021

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 29 de Julho de 2021

JOSÉ ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA
CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE
DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 08/2021

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 26 de Agosto de 2021 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Julho de 2021 e a projeção dos valores de referência para o mês de Agosto de 2021. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Períodos de apuração
Mês de Julho/2021: De 05/07/2021 a 01/08/2021
Parcial Agosto/2021: De 02/08/2021 a 22/08/2021

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.


Santa Catarina, 26 de Agosto de 2021


JOSÉ ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE
Presidente Vice-Presidente


VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Agosto/2021: De 02/08/2021 a 29/08/2021

Parcial Setembro/2021: De 30/08/2021 a 19/09/2021

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 24 de Setembro de 2021

JOSÉ ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 10/2021

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 28 de Outubro de 2021 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Setembro de 2021 e a projeção dos valores de referência para o mês de Outubro de 2021. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Setembro/2021: De 30/08/2021 a 03/10/2021

Parcial Outubro/2021: De 04/10/2021 a 24/10/2021

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 28 de Outubro de 2021

VALTER ANTONIO BRANDALISE JOSÉ ARAÚJO

Presidente Vice-Presidente

Resolução não aprovada.

Valores de Referência (Dezembro 2021) - Sem Publicação.

  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 01/2019

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 24 de Janeiro de 2019 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Dezembro de 2018 e a projeção dos preços de referência para o mês de Janeiro de 2019. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de novembro: De 02/11/2018 a 25/11/2018

Mês de dezembro: De De 26/11/2018 a 30/12/2018

Decêndio de Janeiro: De 31/12/2018 a 20/01/2019

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Joaçaba, 24 de Janeiro de 2019

JOSÉ CARLOS ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 02/2019

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 21 de Fevereiro de 2019 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Janeiro de 2019 e a projeção dos preços de referência para o mês de Fevereiro de 2019. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Dezembro/2018: De De 26/11/2018 a 30/12/2018

Mês de Janeiro/2019: De 31/12/2018 a 03/02/2019

Decêndio de Fevereiro/2019: De 04/02/2019 a 17/02/2019

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Chapecó, 21 de Fevereiro de 2019

JOSÉ CARLOS ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 03/2019

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 21 de Março de 2019 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Fevereiro de 2019 e a projeção dos preços de referência para o mês de Março de 2019. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Janeiro/2019: De 31/12/2018 a 03/02/2019

Mês de Fevereiro/2019: De 04/02/2018 a 03/03/2019

Decêndio de Março/2019: De 04/03/2019 a 17/03/2019

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Florianópolis, 21 de Março de 2019

JOSÉ CARLOS ARAUJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 04/2019

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 25 de Abril de 2019 na cidade de Chapecó, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Março de 2019 e a projeção dos preços de referência para o mês de Abril de 2019. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Fevereiro/2019: De 04/02/2018 a 03/03/2019

Mês de Março/2019: De 04/03/2019 a 31/03/2019

Decêndio de Abril/2019: De 01/04/2019 a 21/04/2019

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Chapecó, 25 de Abril de 2019

JOSÉ CARLOS ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 05/2019

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 23 de Maio de 2019 na cidade de Chapecó, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Abril de 2019 e a projeção dos preços de referência para o mês de Maio de 2019. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Março/2019: De 04/03/2019 a 31/03/2019

Mês de Abril/2019: De 01/04/2019 a 28/04/2019

Decêndio de Maio/2019: De 29/04/2019 a 19/05/2019

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Joaçaba, 23 de Maio de 2019

JOSÉ CARLOS ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 06/2019

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 19 de Junho de 2019 na cidade de Chapecó, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Maio de 2019 e a projeção dos preços de referência para o mês de Junho de 2019. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Abril/2019: De De 01/04/2019 a 28/04/2019

Mês de Maio/2019: De 29/04/2019 a 02/06/2019

Decêndio de Junho/2019: De 03/06/2019 a 16/06/2019

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Joaçaba, 20 de Junho de 2019

ADELAR ZIMMER VALTER ANTONIO BRANDALISE Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 07/2019


A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 26 de Julho de 2019 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Junho de 2019 e a projeção dos preços de referência para o mês de Julho de 2019. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)


1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração
Mês de Maio/2019: De 29/04/2019 a 02/06/2019
Mês de Junho/2019: De 03/06/2019 a 30/06/2019
Decêndio de Julho/2019: De 01/07/2019 a 21/07/2019

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Joaçaba, 26 de Julho de 2019

JOSÉ CARLOS ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 08/2019

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 22 de Agosto de 2019 na cidade de Chapecó, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Julho de 2019 e a projeção dos valores de referência para o mês de Agosto de 2019. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Junho/2019: De 03/06/2019 a 30/06/2019

Mês de Julho/2019: De 01/07/2019 a 28/07/2019

Decêndio de Agosto/2019: De 29/07/2019 a 18/08/2019

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Chapecó, 22 de Agosto de 2019

ADELAR ZIMMER VALTER ANTONIO BRANDALISE Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 09/2019

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 25 de Setembro de 2019 na cidade de Chapecó, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Agosto de 2019 e a projeção dos preços de referência para o mês de Setembro de 2019. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Julho/2019: De 01/07/2019 a 28/07/2019

Mês de Agosto/2019: De 29/07/2019 a 01/09/2019

Decêndio de Setembro/2019: De 02/09/2019 a 22/09/2019

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Chapecó, 25 de Agosto de 2019

ADELAR ZIMMER VALTER ANTONIO BRANDALISE Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 10/2019

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 24 de Outubro de 2019 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Setembro de 2019 e a projeção dos preços de referência para o mês de Outubro de 2019. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Agosto/2019: De 29/07/2019 a 01/09/2019

Mês de Setembro/2019: De 02/09/2019 a 29/09/2019

Decêndio de Outubro/2019: De 30/09/2019 a 20/10/2019

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Florianópolis, 24 de Setembro de 2019

VALTER ANTONIO BRANDALISE ADELAR ZIMMER

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 11/2019

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 21 de Novembro de 2019 na cidade de Chapecó, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Outubro de 2019 e a projeção dos valores de referência para o mês de Novembro de 2019. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Setembro/2019: De 02/09/2019 a 29/09/2019

Mês de Outubro/2019: De 30/09/2019 a 27/10/2019

Decêndio de Novembro/2019: De 27/10/2019 a 17/11/2019

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Chapecó, 21 de Novembro de 2019

VALTER ANTONIO BRANDALISE ADELAR ZIMMER

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 12/2019

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 19 de Dezembro de 2019 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Novembro de 2019 e a projeção dos valores de referência para o mês de Dezembro de 2019. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Outubro/2019: De 30/09/2019 a 27/10/2019

Mês de Novembro/2019: De 27/10/2019 a 01/12/2019

Decêndio de Dezembro/2019: De 02/12/2019 a 15/12/2019

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Joaçaba, 19 de Dezembro de 2019

VALTER ANTONIO BRANDALISE ADELAR ZIMMER

Presidente Vice-Presidente

  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 01/2013

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 17 de Janeiro de 2013 na cidade de Campos Novos, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Dezembro de 2012 e a projeção dos preços de referência para o mês de Janeiro de 2013.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.


Matéria-prima

Valores Finais Dezembro/2012

Valores Projetados Janeiro/2013

Variação Janeiro -Dezembro

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,8274 0,8325 0,0051
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,7195 0,7239 0,0044
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6541 0,6581 0,0040


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 02/2013

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 21 de Fevereiro de 2013 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Janeiro de 2013 e a projeção dos preços de referência para o mês de Fevereiro de 2013.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.



Matéria-prima

Valores Finais Janeiro/2013

Valores Projetados Fevereiro/2013

Variação (Fevereiro - Janeiro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,8377 0,8270 -0,0107
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,7284 0,7191 -0,0093
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6622 0,6537 -0,0085

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 03/2013

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 21 de Março de 2013 na cidade de Campos Novos, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Janeiro e a projeção dos preços de referência para o mês de Fevereiro de 2013.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.


Matéria-prima

Valores Finais Fevereiro/2013

Valores Projetados Março/2013

Variação (Março-Fevereiro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,8302 0,8509 0,0207
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,7219 0,7399 0,0180
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6563 0,6726 0,0163

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 04/2013

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 18 de Abril de 2013 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Março e a projeção dos preços de referência para o mês de Abril de 2013.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.


Matéria-prima

Valores Finais Março/2013

Valores Projetados Abril/2013

Variação (Abril - Março)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,8626 0,8940 0,0314
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,7501 0,7774 0,0273
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6819 0,7067 0,0248

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 05/2013

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 23 de Maio de 2013 na cidade de Campos Novos, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Abril e a projeção dos preços de referência para o mês de Maio de 2013.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Abril/2013

Valores Projetados Maio/2013

Variação (Maio - Abril)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,9187 0,9367 0,0180
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,7989 0,8145 0,0156
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,7263 0,7405 0,0142

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 06/2013

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 20 de Junho de 2013 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Maio e a projeção dos preços de referência para o mês de Junho de 2013.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.


Matéria-prima

Valores Finais Maio/2013

Valores Projetados Junho/2013

Variação (Junho - Maio)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,9546 0,9971 0,0425
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,8301 0,8670 0,0369
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,7546 0,7882 0,0336

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 07/2013

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 18 de Julho de 2013 na cidade de Campos Novos, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Junho e a projeção dos preços de referência para o mês de Julho de 2013.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Junho/2013

Valores Projetados Julho/2013

Variação (Julho - Junho)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0073 1,0263 0,0425
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,8759 0,8924 0,0369
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,7963 0,8113 0,0336

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 08/2013

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 22 de Agosto de 2013 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Julho e a projeção dos preços de referência para o mês de Agosto de 2013.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Julho/2013

Valores Projetados Agosto/2013

Variação (Agosto - Julho)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0417 1,0694 0,0277
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9058 0,9299 0,0241
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8235 0,8454 0,0219

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 09/2013

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 19 de Setembro de 2013 na cidade de Campos Novos, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Agosto e a projeção dos preços de referência para o mês de Setembro de 2013.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Agosto/2013

Valores Projetados Setembro/2013

Variação (Setembro-Agosto)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0642 1,0582 -0,0060
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9254 0,9202 -0,0052
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8413 0,8365 -0,0048

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 10/2013

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 17 de Outubro de 2013 na cidade de Campos Novos, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Setembro e a projeção dos preços de referência para o mês de Outubro de 2013.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)


Matéria-prima

Valores finais

Valores projetados

Variação

Setembro/2012

Outubro/2013

(Outubro – Setembro)

I – Leite acima do padrão

1,0720

1,05332

- 0,0187

– Maior valor de referência

II – Leite Padrão

0,9322

0,9159

- 0,0163

– Preço de referência

III – Leite abaixo do padrão

0,8475

0,8326

- 0,0149

– Menor valor de referência

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 11/2013

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 21 de Novembro de 2013 na cidade de Campos Novos, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Outubro e a projeção dos preços de referência para o mês de Novembro de 2013.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Outubro/2013

Valores Projetados Novembro/2013

Variação (Novembro - Outubro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0259 0,9512 -0,0747
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,8921 0,8271 -0,0650
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8110 0,7519 -0,0591

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 12/2013

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 12 de Dezembro de 2013 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Novembro e a projeção dos preços de referência para o mês de Dezembro de 2013.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Novembro/2013

Valores Projetados Dezembro/2013

Variação (Dezembro -Novembro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,9469 0,9080 -0,0389
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,8234 0,7896 -0,0338
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,7485 0,7178 -0,0307

Veja aqui a tabela que originou estes dados.


  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 01/2014

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 23 de Janeiro de 2014 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Dezembro de 2013 e a projeção dos preços de referência para o mês de Janeiro de 2014.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.


Matéria-prima

Valores Finais Dezembro/2013

Valores Projetados Janeiro/2014

Variação (Janeiro -Dezembro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,8865 0,8533 -0,0332
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,7709 0,7420 -0,0289
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,7008 0,6745 -0,0263


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 02/2014

A Diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 20 de Fevereiro de 2014 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Janeiro de 2014 e a projeção dos preços de referência para o mês de Fevereiro de 2014.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Janeiro/2014

Valores Projetados Fevereiro/2014

Variação (Fevereiro - Janeiro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,8497 0,8454 -0,0043
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,7389 0,7351 -0,0038
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6717 0,6683 -0,0034


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 03/2014

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 20 de Março de 2014 na cidade de Joaçaba-SC, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Fevereiro de 2014 e a projeção dos preços de referência para o mês de Março de 2014.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.


Matéria-prima

Valores finais

Valores projetados

Variação

Março/2014

Abril/2014

(Abril–Março)

I – Leite acima do padrão

0,9657

1,0004

0,0347

–Maior valor de referência

II – Leite Padrão

0,8397

0,8699

0,0302

–Preço de referência

III – Leite abaixo do padrão

0,7634

0,7908

0,0274

–Menor valor de referência

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.


RESOLUÇÃO Nº 04/2014

A Diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 17 de Abril de 2014 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Janeiro de 2014 e a projeção dos preços de referência para o mês de Abril de 2014.


Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais

Valores projetados

Variação

Março/2014

Abril/2014

(Abril–Março)

I – Leite acima do padrão

0,9657

1,0004

0,0347

–Maior valor de referência

II – Leite Padrão

0,8397

0,8699

0,0302

–Preço de referência

III – Leite abaixo do padrão

0,7634

0,7908

0,0274

–Menor valor de referência

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.


RESOLUÇÃO Nº 05/2014

A Diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 15 de Maio de 2014 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Abril de 2014 e a projeção dos preços de referência para o mês de Maio de 2014.


Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais

Valores projetados

Variação

Abril/2014

Maio/2014

(Maio-Abril)

I – Leite acima do padrão

1,0079

0,9962

- 0,0117

–Maior valor de referência

II – Leite Padrão

0,8764

0,8663

- 0,0101

–Preço de referência

III – Leite abaixo do padrão

0,7967

0,7875

-0,0092

–Menor valor de referência

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.


RESOLUÇÃO Nº 06/2014

A Diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 18 de Junho de 2014 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Maio de 2014 e a projeção dos preços de referência para o mês de Junho de 2014.


Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores finais

Valores projetados

Variação

Maio/2014

Junho/2014

(Junho-Maio)

I – Leite acima do padrão

1,0396

1,0373

- 0,0023

–Maior valor de referência

II – Leite Padrão

0,9040

0,9020

- 0,0020

–Preço de referência

III – Leite abaixo do padrão

0,8218

0,8200

-0,0018

–Menor valor de referência

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA
CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE
DO ESTADO DE SANTA CATARINA.
RESOLUÇÃO Nº 07/2014

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 17 de Julho de 2014 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Junho de 2014 e a projeção dos preços de referência para o mês de Julho de 2014.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Junho/2014

Valores Projetados Julho/2014

Variação (Julho - Junho)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0491 1,0439 -0,0052
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9123 0,9077 -0,0046
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8294 0,8252 -0,0042


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 08/2014

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 21 de Agosto de 2014 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Julho de 2014 e a projeção dos preços de referência para o mês de Agosto de 2014. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Nesta reunião o Conselho aprovou os resultados dos estudos da Câmara Técnica relativos aos custos de produção de produtores e indústrias que resultam em novos valores de referência para os derivados lácteos considerados no modelo. Foram alterados os parâmetros de qualidade do Leite Padrão de acordo com a legislação e as estatísticas relativas ao leite recebido pelas empresas participantes do Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Julho/2014

Valores Projetados Agosto/2014

Variação (Agosto - Julho)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0457 1,0403 -0,0054
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9093 0,9046 -0,0047
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8266 0,8224 -0,0042

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 09/2014

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 18 de Setembro de 2014 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Agosto de 2014 e a projeção dos preços de referência para o mês de Setembro de 2014. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Nesta reunião o Conselho aprovou os resultados dos estudos da Câmara Técnica relativos aos custos de produção de produtores e indústrias que resultam em novos valores de referência para os derivados lácteos considerados no modelo. Foram alterados os parâmetros de qualidade do Leite Padrão de acordo com a legislação e as estatísticas relativas ao leite recebido pelas empresas participantes do Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Agosto/2014

Valores Projetados Setembro/2014

Variação (Setembro - Agosto)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0462 1,0440 -0,0022
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,9097 0,9078 -0,0019
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8270 0,8253 -0,0017

CONSELEITE – SANTA CATARINA
CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE
DO ESTADO DE SANTA CATARINA.
RESOLUÇÃO Nº 10/2014
A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 16 de Outubro
de 2014 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no
artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da
matéria-prima leite, realizado no mês de Setembro de 2014 e a projeção dos
preços de referência para o mês de Outubro de 2014. Os valores divulgados
compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e
menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em
relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo
Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Setembro/2014

Valores Projetados Outubro/2014

Variação (Outubro - Setembro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 1,0325 0,9833 -0,0492
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,8978 0,8550 -0,0428
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,8162 0,7773 -0,0389


CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 11/2014

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 20 de Novembro de 2014 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Outubro de 2014 e a projeção dos preços de referência para o mês de Novembro de 2014. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Outubro/2014

Valores Projetados Novembro/2014

Variação (Novembro - Outubro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,9554 0,9215 -0,0339
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,8308 0,8013 -0,0295
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,7553 0,7285 -0,0268



CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 12/2014

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 18 de Dezembro de 2014 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Novembro de 2014 e a projeção dos preços de referência para o mês de Dezembro de 2014. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Novembro/2014

Valores Projetados Dezembro/2014

Variação (Dezembro - Novembro)

I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,9152 0,9037 -0,0115
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,7958 0,7858 -0,0100
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,7235 0,7144 -0,0091


  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

Matéria-prima Valores Finais Dezembro/2010

Valores Projetados Janeiro/2011

Variação (Janeiro - Dezembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7283 0,7053 0,0230
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6333 0,6133 - 0,0200
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5758 0,5576 - 0,0182

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Janeiro/2011

Valores projetados Fevereiro/2011

Variação (Fevereiro-Janeiro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6998 0,6922 -0,0076
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6085 0,6019 - 0,0066
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5532 0,5472 - 0,0060

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Fevereiro/2011

Valores projetados Março/2011

Variação (Março-Fevereiro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6945 0,7025 0,0080
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6039 0,6109 0,0070
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5490 0,5554 0,0064

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Março/2011

Valores projetados Abril/2011

Variação (Abril - Março)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7422 0,7864 0,0442
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6454 0,6838 0,0384
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,5867 0,6216 0,0349

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Abril/2011

Valores projetados Maio/2011

Variação (Maio - Abril)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7956 0,7989 0,0033
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6918 0,6947 0,0029
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6289 0,6315 0,0026

Veja aqui a tabela que originou este dados.

Matéria-prima Valores Finais Maio/2011

Valores projetados Junho/2011

Variação (Junho - Maio)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7914 0,7429 -0,0485
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6882 0,6460 -0,0422
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6256 0,5873 -0,0383

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 07/2011

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 21 de Julho de 2011 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Junho de 2011 e a projeção dos preços de referência para o mês de Julho de 2011. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Nesta reunião o Conselho aprovou a atualização da sua metodologia e passa a divulgar, a partir desta resolução, valores de referência da matéria-prima leite posto na propriedade rural, ou seja, o frete não deve ser descontado do produtor rural.

A diretoria do Conseleite-Santa Catarina alerta que, pela atualização da metodologia de cálculo dos valores de referência a partir dos preços finais de junho de 2011, não há comparabilidade com os valores divulgados anteriormente.


Matéria-prima Valores Finais Junho/2011

Valores projetados Julho/2011

Variação (Julho - Junho)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7857 0,7739 -0,0118
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6832 0,6729 -0,0103
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6211 0,6117 -0,0094

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 08/2011

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 18 de Agosto de 2011 na cidade de Campos Novos, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Julho de 2011 e a projeção dos preços de referência para o mês de Agosto de 2011.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima Valores Finais Julho/2011

Valores projetados Agosto/2011

Variação (Agosto - Julho)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7787 0,8127 0,0340
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6771 0,7067 0,0296
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6156 0,6425 0,0269

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 09/2011

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 22 de Setembro de 2011 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Agosto de 2011 e a projeção dos preços de referência para o mês de Setembro de 2011.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Matéria-prima

Valores Finais Agosto/2011

Valores projetados Setembro/2011

Variação (Setembro/Agosto)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,8304 0,8344 0,0040
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,7221 0,7256 0,0035
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6565 0,6596 0,0031

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 10/2011

A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 20 de Outubro de 2011 na cidade de Florianópolis, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Setembro de 2011 e a projeção dos preços de referência para o mês de Outubro de 2011.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima Valores Finais Setembro/2011

Valores projetados Outubro/2011

Variação (Outubro - Setembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,8180 0,7760 -0,0420
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,7113 0,6748 -0,0365
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6466 0,6135 -0,0331

Veja aqui a tabela que originou este dados.

CONSELEITE – SANTA CATARINA CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 11/2011 A diretoria do Conseleite - Santa Catarina reunida no dia 17 de Novembro de 2011 na cidade de Campos Novos, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os preços de referência da matéria-prima leite, realizado no mês de Setembro de 2011 e a projeção dos preços de referência para o mês de Outubro de 2011.

Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

Matéria-prima

Valores Finais Outubro/2011 Valores Projetados Novembro/2011 Variação (Novembro-Outubro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7781 0,7750 -0,0031
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6766 0,6739 -0,0027
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência 0,6151 0,6126 -0,0025

Veja aqui a tabela que originou estes dados.
  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Abril

  • Maio

  • Junho

  • Julho

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 01/2020

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 24 de Janeiro de 2020 na cidade de Joaçaba, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Dezembro de 2019 e a projeção dos valores de referência para o mês de Janeiro de 2020. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1- Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Novembro/2019: De 27/10/2019 a 01/12/2019

Mês de Dezembro/2019: De 02/12/2019 a 29/12/2019

Decêndio de Janeiro/2020: De 30/12/2019 a 19/01/2020

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Joaçaba, 24 de Janeiro de 2020

VALTER ANTONIO BRANDALISE ADELAR ZIMMER

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 02/2020

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 21 de Fevereiro de 2020 na cidade de Chapecó, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Janeiro e a projeção dos valores de referência para o mês de Fevereiro de 2020. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Dezembro/2019: De 02/12/2019 a 29/12/2019

Mês de Janeiro/2020: De 30/12/2019 a 02/02/2020

Decêndio de Fevereiro/2020: De 03/02 a 16/02/2020

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Chapecó, 21 de Fevereiro de 2020

VALTER ANTONIO BRANDALISE ADELAR ZIMMER

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 04/2020

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 30 de Abril de 2020 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Março de 2020 e a projeção dos valores de referência para o mês de Abril de 2020. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Fevereiro/2020: De 03/02/2020 a 01/03/2020

Mês de Março/2020: De 02/03/2020 a 05/04/2020

Decêndio de Abril/2020: De 06/04/2020 a 26/04/2020

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 30 de Abril de 2020

VALTER ANTONIO BRANDALISE ADELAR ZIMMER

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 06/2020

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 19 de Junho de 2020 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Maio de 2020 e a projeção dos valores de referência para o mês de Junho de 2020. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Abril/2020: De 06/04/2020 a 03/05/2020

Mês de Maio/2020: De 04/05/2020 a 31/05/2020

Decêndio de Junho/2020: De 01/06/2020 a 14/06/2020

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 19 de Junho de 2020

VALTER ANTONIO BRANDALISE ADELAR ZIMMER

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 07/2020

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 24 de Julho de 2020 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Junho de 2020 e a projeção dos valores de referência para o mês de Julho de 2020. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Maio/2020: De 04/05/2020 a 31/05/2020

Mês de Junho/2020: De 01/06/2020 a 29/06/2020

Decêndio de Julho/2020: De 29/06/2020 a 19/07/2020

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 24 de Julho de 2020

VALTER ANTONIO BRANDALISE ADELAR ZIMMER

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 08/2020

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 21 de Agosto de 2020 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Julho de 2020 e a projeção dos valores de referência para o mês de Agosto de 2020. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Junho/2020: De 01/06/2020 a 29/06/2020

Mês de Julho/2020: De 29/06/2020 a 02/08/2020

Decêndio de Agosto/2020: De 03/08/2020 a 16/08/2020

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 21 de Agosto de 2020

VALTER ANTONIO BRANDALISE ADELAR ZIMMER

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 09/2020

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 18 de Setembro de 2020 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Agosto de 2020 e a projeção dos valores de referência para o mês de Setembro de 2020. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Julho/2020: De 29/06/2020 a 02/08/2020

Mês de Agosto/2020: De 03/08/2020 a 30/08/2020

Decêndio de Setembro/2020: De 31/08/2020 a 13/09/2020

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 18 de Setembro de 2020

JOSÉ ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 10/2020

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 23 de Outubro de 2020 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Setembro de 2020 e a projeção dos valores de referência para o mês de Outubro de 2020. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Agosto/2020: De 03/08/2020 a 30/08/2020

Mês de Setembro/2020: De 31/08/2020 a 04/10/2020

Decêndio de Outubro/2020: De 04/10/2020 a 18/10/2020

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 23 de Outubro de 2020

JOSÉ ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 11/2020

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 20 de Novembro de 2020 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Outubro de 2020. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Setembro/2020: De 31/08/2020 a 04/10/2020

Mês de Outubro/2020: De 04/10/2020 a 01/11/2020

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Os valores de referência do mês de novembro serão divulgados após uma reunião extraordinária a ser realizada no dia 30 de novembro de 2020.

Santa Catarina, 20 de Novembro de 2020

JOSÉ ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 11/2020

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 30 de Novembro de 2020 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Outubro de 2020 e a projeção dos valores de referência para o mês de Novembro de 2020. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Setembro/2020: De 31/08/2020 a 04/10/2020

Mês de Outubro/2020: De 04/10/2020 a 01/11/2020

Decêndio de Novembro/2020: De 02/11/2020 a 26/11/2020

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 30 de Novembro de 2020

JOSÉ ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 12/2020

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 18 de Dezembro de 2020 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Novembro de 2020 e a projeção dos valores de referência para o mês de Dezembro de 2020. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

1 - Valor, em R$/litro, para o leite posto propriedade com Funrural incluso.

Períodos de apuração

Mês de Novembro/2020: De 02/11/2020 a 29/11/2020

Decêndio de Dezembro/2020: De 30/11/2020 a 13/12/2020

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.

Santa Catarina, 18 de Dezembro de 2020

JOSÉ ARAÚJO VALTER ANTONIO BRANDALISE

Presidente Vice-Presidente

  • Agosto

  • Setembro

  • Outubro

  • Novembro

  • Dezembro

Matéria-prima Valores Finais Julho/2007 Valores Projetados Agosto/2007 Variação (Agosto-Julho)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7849 0,8110 0,0261
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6825 0,7052 0,0227
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,6205

0,6411 0,0206

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Agosto/2007 Valores Projetados Setembro/2007 Variação (Setembro-Agosto)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,7933
0,6830 -0,1103
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,6898 0,5939 -0,0959
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,6271

0,5399 -0,0872

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

Matéria-prima Valores Finais Setembro/2007 Valores Projetados Outubro/2007 Variação (Outubro-Setembro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,6573 0,5664 -0,0910
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5716 0,4925 -0,0791
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,5196

0,4477 -0,0719

Veja aqui a tabela que originou estes dados
.
Matéria-prima Valores Finais Outubro/2007 Valores Projetados Novembro/2007 Variação (Novembro-Outubro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,5676 0,5880 -0,0204
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,4936 0,5113 -0,0177
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,4487

0,4648 -0,0161

Veja aqui a tabela que originou este dados.

Matéria-prima Valores Finais nove
Novembro/2007
Valores Projetados Dezembro/2007 Variação (Novembro-Outubro)
I - Leite acima do padrão - Maior valor de referência 0,5795 0,5693 -0,0102
II - Leite Padrão - Preço de referência 0,5039 0,4950 -0,0089
III - Leite abaixo do padrão - Menor valor de referência

0,4581

0,4500 -0,0081

Veja aqui a tabela que originou estes dados.

  • Janeiro

  • Fevereiro

  • Março

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 01/2024

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 26 de Janeiro de 2024 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Dezembro de 2023 e a projeção dos valores de referência para o mês de Janeiro de 2024. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)

Períodos de apuração

Mês de Dezembro/2023: De 27/11/2023 a 31/12/2023

Parcial Janeiro/2024: De 01/11/2024 a 21/01/2024

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.



Santa Catarina, 26 de Janeiro de 2024



SELVINO GIESEL

Presidente


JOSÉ ARAÚJO

Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 02/2024

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 23 de Fevereiro de 2024 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Janeiro de 2024 e a projeção dos valores de referência para o mês de Fevereiro de 2024. Os valores divulgados compreendem os preços de referência para o leite padrão, bem como o maior e menor valor de referência, de acordo com os parâmetros de ágio e deságio em relação ao Leite Padrão, calculados segundo metodologia definida pelo Conseleite-Santa Catarina.

VALORES DE REFERÊNCIA1 DA MATÉRIA-PRIMA (LEITE)


Períodos de apuração

Mês de Janeiro/2024: De 01/01/2024 a 28/01/2024

Parcial Fevereiro/2024: De 29/01/2024 a 19/02/2024

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.


Santa Catarina, 23 de Fevereiro de 2024



SELVINO GIESEL

Presidente


JOSÉ ARAÚJO

Vice-Presidente

CONSELEITE – SANTA CATARINA

CONSELHO PARITÁRIO PRODUTORES/INDÚSTRIAS DE LEITE

DO ESTADO DE SANTA CATARINA.

RESOLUÇÃO Nº 03/2024

A diretoria do Conseleite Santa Catarina reunida no dia 28 de Março de 2024 atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I, aprova e divulga os valores de referência da matéria-prima leite, realizados no mês de Fevereiro de 2024 e a projeção dos valores de referência para o mês de Março de 2024.

Períodos de apuração

Mês de Fevereiro/2024: De 29/01/2024 a 25/02/2024

Parcial Março/2024: De 26/02/2024 a 17/03/2024

O leite padrão é aquele que contém entre 3,50 e 3,59% de gordura, entre 3,11 e 3,15% de proteína, entre 450 e 499 mil células somáticas/ml e 251 a 300 mil ufc/ml de contagem bacteriana e volume individual entregue de até 50 litros/dia. O Conseleite Santa Catarina não precifica leites com qualidades inferiores ao leite abaixo do padrão.



Santa Catarina, 28 de Março de 2024



SELVINO GIESEL

Presidente


JOSÉ ARAÚJO

Vice-Presidente

Selecione um ano

  • 2007
  • 2008
  • 2009
  • 2010
  • 2011
  • 2012
  • 2013
  • 2014
  • 2015
  • 2016
  • 2017
  • 2018
  • 2019
  • 2020
  • 2021
  • 2022
  • 2023
  • 2024
Fechar

Selecione um mês

  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
  • Abril
  • Maio
  • Junho
  • Julho
  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro
  • Novembro
  • Dezembro
  • Janeiro
  • Fevereiro
  • Março
Fechar

Custo de Produção

Este aplicativo auxilia o produtor rural de leite do Estado de Santa Catarina para:

  1. a) Calcular o custo de produção do leite da sua propriedade rural;
  2. b) Comparar o seu custo de produção de leite com os custos de alguns sistemas referenciais de produção de leite do estado;
  3. c) Avaliar a sua rentabilidade na produção de leite e melhorar a gestão de sua propriedade rural.

Para fazer o uso das planilhas de custo, é necessário ter o Microsoft Excel instalado no seu computador.