FAESC comemora aprovação de lei anti-invasão de propriedades

FAESC comemora aprovação de lei anti-invasão de propriedades
Presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC), José Zeferino Pedrozo, reforça a importância da aprovação para o ordenamento jurídico brasileiro. (Foto: Caroline Lorenzetti/MB Comunicação)
FAESC
22 de Maio de 2024
Por: MB COMUNICAÇÃO
Fonte: SISTEMA FAESC/SENAR

Confira o vídeo do presidente da FPA, deputado Pedro Lupion (PP/PR): https://we.tl/t-2MIFVQvUJx

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC) considerou um importante avanço para o ordenamento jurídico brasileiro a aprovação no Plenário da Câmara dos Deputados, nesta semana, do Projeto de Lei 709/2023, que dispõe sobre os impedimentos aplicados aos ocupantes e invasores de propriedades em todo o território nacional. A aprovação da matéria resultou de articulação dos deputados Marcos Pollon (PL/MS), Pedro Lupion (PP/PR) e de membros da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA).

Ao lado da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), a FAESC reconhece a importância deste projeto para o fortalecimento da segurança jurídica no campo e a garantia do direito de propriedade, fundamentais para o desenvolvimento do agronegócio e a sustentabilidade do setor agropecuário no Brasil.

“Invasão de propriedade é crime e não ato político, como já decidiu o STF”, lembra o presidente da FAESC José Zeferino Pedrozo. O dirigente destacou que o setor produtivo e o Parlamento devem continuar a avançar juntos em busca de um ambiente cada vez mais seguro e propício para a produção agrícola e pecuária no País.

Usada como mecanismo de pressão dos movimentos ditos sociais sobre o Governo para realizar a reforma agrária, a invasão é um ato ilegal e não meramente reivindicatório, observou o presidente. Lembrou que, historicamente, o Congresso e o Legislativo posicionaram-se contra as invasões de propriedades privadas. Várias leis anti-invasão foram promulgadas. Há consenso de que o imóvel rural invadido não deve ser vistoriado, avaliado ou desapropriado.

O presidente da FAESC também aponta que o processo de reforma agrária, em uma sociedade estruturada em bases democráticas, não pode ser implementado pelo uso arbitrário da força e pela prática de atos ilícitos de violação possessória.

“É preciso que o Governo coíba a prática das invasões, promovendo a aplicação integral da lei toda a vez que uma propriedade, de qualquer tamanho, produtiva ou não, seja invadida. Não agindo assim, o Governo cometerá uma injustiça contra o setor primário que, ao sustentar as exportações brasileiras, está garantindo o futuro do país”, encerra Pedrozo.

Leia também

FAESC

|

21 de junho 2024

Sistema FAESC/SENAR promove reunião virtual sobre FGTS Digital O evento será direcionado às equipes de Sindicatos Rurais, produtores rurais e demais interessados.

SENAR

|

20 de junho 2024

Evento mobiliza produtores de ovinocultura de corte em Palmitos O objetivo foi apresentar a metodologia da Assistência Técnica e Gerencial, expor o cronograma de trabalho, apresentar o técnico que fará o atendimento (Cassio Lopes) e demonstrar as diretrizes da ATeG.

FAESC

|

19 de junho 2024

Investimento na melhoria genética proporciona evolução na cadeia láctea Apresentar os resultados obtidos com o melhoramento genético na bovinocultura leiteira. Com esse objetivo o Sebrae/SC e a Aurora Coop promovem nesta quinta-feira (20), uma missão técnica com visita em duas empresas rurais na região oeste catarinense. As ações de aprimoramento da cadeia láctea fazem parte do Programa Encadeamento Produtivo, que oportuniza conhecimentos e técnicas para melhorar a gestão do empreendimento, a avaliação de oportunidades e a inserção de inovações.

SENAR

|

19 de junho 2024

Processo seletivo para os cursos da rede e-Tec Brasil segue até 2 de julho Santa Catarina oferece vagas para os cursos gratuitos em cinco polos

FAESC

|

19 de junho 2024

Faesc quer aprimorar e ampliar o seguro para a atividade agrícola Seguro rural com ampla cobertura e custo acessível é uma antiga reivindicação do setor primário da economia brasileira e está na pauta do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de SC (Faesc) José Zeferino Pedrozo.

FAESC

|

17 de junho 2024

Levantados custos de produção de grãos em Campos Novos Campos Novos sediou o segundo painel do Projeto Campo Futuro 2024 em Santa Catarina, nessa quarta-feira (12), para o levantamento dos custos de produção de grãos (soja, milho 1ª safra e trigo). A iniciativa foi da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), com o apoio do Sistema Faesc/Senar e dos Sindicatos Rurais.

SENAR

|

17 de junho 2024

Programa Saúde do Homem Rural atende público do campo em Rio Rufino A iniciativa, que busca conscientizar os homens do campo sobre a importância da prevenção e o cuidado com a saúde, reuniu aproximadamente 250 pessoas, entre participantes, voluntários e lideranças.

FAESC

|

17 de junho 2024

Terceiro painel do Campo Futuro em SC levanta custos de produção de grãos em Araranguá A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), com o apoio do Sistema Faesc/Senar e do Sindicato dos Produtores Rurais de Araranguá, promoveu nessa quinta-feira (13) o terceiro painel do Projeto Campo Futuro 2024 em Santa Catarina. O objetivo foi levantar os custos de produção de grãos, com foco para o arroz. A programação no estado segue até agosto e envolverá seis cadeias produtivas em oito municípios.

SENAR

|

17 de junho 2024

Oficina ATeG em Itainópolis apresenta técnicas e manejos para apicultura no outono-inverno Reunir apicultores e compartilhar novas técnicas e manejos de outono e inverno para manter e melhorar as colmeias durante essa época do ano. Com esse objetivo o Sistema Faesc/Senar (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Estado) e o Sindicato Rural de Itaiópolis, promoveram a Oficina Técnica do Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), com foco para a apicultura.

FAESC

|

14 de junho 2024

FAESC apoia pedido da CNA para rejeição da MP do Equilíbrio Fiscal para o agro A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) orienta aos produtores rurais para que confiram a nota técnica, divulgada nesta quinta-feira (6), pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) sobre o impacto da Medida Provisória 1.227/2024 para o agro e o produtor rural. A medida modifica a legislação tributária federal e, entre outros pontos, limita a compensação de crédito de PIS/Cofins.

FAESC

|

12 de junho 2024

Equipes dos Sindicatos Rurais aperfeiçoam conhecimentos em encontros virtuais Os dois primeiros encontros reuniram profissionais do oeste, meio-oeste e extremo-oeste, bem como do sul e da serra. O último aconteceu contou com representantes do vale do Itajaí e planalto norte.

FAESC

|

11 de junho 2024

Seguro para a atividade agrícola JOSÉ ZEFERINO PEDROZO, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de SC (Faesc) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC)