Videoconferência do Sistema Faesc/Senar elenca contribuições para a Resolução de circulação de tratores e máquinas agrícolas

Videoconferência do Sistema Faesc/Senar elenca contribuições para a Resolução de circulação de tratores e máquinas agrícolas
FAESC
18 de Abril de 2024
Por: MB COMUNICAÇÃO
Fonte: SISTEMA FAESC/SENAR

A consulta pública do Ministério dos Transportes sobre a Resolução de circulação de tratores e máquinas agrícolas foi pauta de uma videoconferência, promovida pelo Sistema Faesc/Senar (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), na manhã desta segunda-feira (15). O evento reuniu dirigentes e equipes dos Sindicatos Rurais, produtores rurais, técnicos e especialistas do agronegócio.

O presidente do Sistema Faesc/Senar, José Zeferino Pedrozo, conduziu a abertura do evento e destacou a importância de discutir questões para contribuir com a Minuta de Resolução que estabelece os critérios para o registro e a circulação, em vias públicas, de tratores, máquinas agrícolas, entre outras.

“Tivemos uma manhã produtiva sobre esse assunto que tem chamado a atenção de nós produtores rurais pelo que tem ocorrido em relação ao cumprimento da lei atual. Essa consulta pública é essencial para o aprimoramento da legislação em relação às peculiaridades do setor agrícola e para a segurança no trânsito”, frisou o presidente.

O assessor técnico do Instituto CNA, Allan Kássio de Oliveira S. Ribeiro, conduziu as atividades e explicou que a Resolução é uma resposta especialmente às demandas que a CNA tem recebido da região sul. “A consulta pública é resultado do apelo dos produtores rurais e de suas lideranças aos deputados federais de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, no intuito de aprimorar-se a legislação que, nos termos atualmente em vigor, penalizam especialmente aqueles que labutam no campo. Com a repercussão em Brasília, sobre os transtornos e prejuízos causados ao agronegócio em decorrência da atual legislação, articulamos junto ao Contran para encontrarmos as melhores soluções”.

Ribeiro prosseguiu lembrando que são necessários quatro requisitos para transitar em áreas públicas: Registro Nacional de Tratores e Máquinas Agrícolas (Renagro), condutor com carteira 'B', dimensões permitidas e itens de segurança obrigatórios. No entanto, caso a máquina não tenha os dois últimos, é necessária uma autorização especial de trânsito (AET).

A proposta em consulta pública prevê a flexibilização do trânsito em vias públicas de máquinas agrícolas; a retirada da necessidade do AET para o deslocamento de tratores e máquinas agrícolas, sob certas condições; além de possibilitar que máquinas entre 2,80m e 3,20m ou que não possuam os itens obrigatórios de segurança possam transitar em vias públicas sem a necessidade de AET, desde que tomadas algumas medidas visando a segurança no trânsito, as quais estão em fase de discussão.

O evento encerrou com esclarecimento de dúvidas e sugestões para a Minuta de Resolução. Também estiveram presentes na videoconferência o vice-presidente executivo da Faesc, Clemerson Argenton Pedrozo, e o 1º vice-presidente de secretaria da federação, Enori Barbieri, que comentaram o quanto é relevante evoluir nas discussões para resolver essa demanda que beneficiará produtores não somente de Santa Catarina como de todo o país.

PRAZO PARA A MINUTA DE RESOLUÇÃO

A sociedade tem até 20 de abril para apresentar contribuições à Minuta de Resolução, que está disponibilizada no site do Ministério. Após a consulta pública, o texto e as sugestões seguirão para deliberação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A Faesc e demais federações de agricultura enviarão suas contribuições para a consulta pública até esta quarta-feira (17) para que sejam consolidadas e enviadas ao Contran.

Leia também

FAESC

|

14 de maio 2024

Prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda vai até 31 de maio A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) alerta aos produtores sobre o prazo e as novas regras de Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) de 2024, referente ao ano-base 2023. Desde o dia 15/3 está liberado o acesso aos programas IRPF 2024 e para download. Também está disponível a declaração pré-preenchida. A data limite para a entrega é o dia 31 de maio.

FAESC

|

14 de maio 2024

Faesc avalia de forma positiva atuação do Caoagro no combate ao crime no agronegócio No comparativo com 2023, houve aumento de 3,5% no número de ocorrências recebidas, resultado direto da ampliação e disseminação dos canais de denúncias da Polícia Civil, como a Deleagro Virtual e o Disque Denúncia Agro.

SENAR

|

3 de maio 2024

Treinamento Cultivo Protegido de Hortaliças promove a inclusão na APAE de Bom Retiro Com essas palavras a aluna da APAE de Bom Retiro, Laís da Cruz Bonin, 25 anos, descreveu a experiência de participar neste mês do Curso de Formação Profissional Rural (FPR) “Cultivo Protegido de Hortaliças”.

SENAR

|

29 de abril 2024

Base Aérea de Florianópolis e Senar/SC alinham ações do Projeto Soldado-Cidadão Representantes das Forças Armadas da Base Aérea de Florianópolis estiveram, nesta semana, na sede do Sistema Faesc/Senar (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural). O objetivo foi conhecer os resultados das ações de capacitação e formação profissional oferecidos aos produtores rurais e promover o alinhamento das atividades do Projeto Soldado-Cidadão.

FAESC

|

26 de abril 2024

Prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda vai até 31 de maio A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) alerta aos produtores sobre o prazo e as novas regras de Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) de 2024, referente ao ano-base 2023. Desde o dia 15/3 está liberado o acesso aos programas IRPF 2024 e para download. Também está disponível a declaração pré-preenchida. A data limite para a entrega é o dia 31 de maio.

FAESC

|

26 de abril 2024

Faesc apoia propostas da CNA para Plano Safra 2024/2025 As propostas da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) para o Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2024/2025, entregue nesta semana ao Ministério da Agricultura, traduz com fidelidade as necessidades dos produtores rurais na avaliação do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), José Zeferino Pedrozo.

SENAR

|

26 de abril 2024

Cofem debate gargalos nos portos catarinenses O encontro, realizado na sede da Fetrancesc, em Florianópolis, debateu os gargalos no setor portuário catarinense e a renovação da concessão do trecho norte da BR-101.

FAESC

|

26 de abril 2024

5º Remate Searaense de Gado Geral foi um sucesso O evento foi promovido pelo Sindicato Rural de Seara, Associação Criadores de Bovinos de Corte de Seara e Região, Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente e Pampa Remates e contou com o apoio do Sistema Faesc/Senar e do CTG Seara e Pampa.

SENAR

|

25 de abril 2024

Oficina técnica do SENAR/SC aborda manejo de pastagens perenes A iniciativa contou com a parceria do Sindicato Rural de Água Doce e reuniu produtores que fazem parte do Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG).

FAESC

|

25 de abril 2024

Nota fiscal eletrônica do produtor rural passa a ser obrigatória a partir de 1º de maio Os produtores rurais devem usar exclusivamente a Nota Fiscal de Produtor Eletrônica nas operações estaduais a partir de 1º de maio. O alerta é da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc).

SENAR

|

25 de abril 2024

Senar/SC disponibiliza mais de 430 capacitações gratuitas para maio Para o mês de maio serão mais de 430 capacitações do Programa de Formação Profissional Rural (FPR) e da Promoção Social (PS). A iniciativa conta com a parceria dos Sindicatos Rurais de Santa Catarina.

FAESC

|

24 de abril 2024

Faesc aprova medidas do Governo de Santa Catarina em apoio aos produtores de leite O decreto, os financiamentos aos produtores e os incentivos fiscais para a indústria leiteira visam beneficiar direta ou indiretamente os 22,2 mil produtores catarinenses e garantem R$ 300 milhões em apoio ao setor nos próximos três anos.