Inteligência agrícola

Inteligência agrícola
Foto: divulgação | Sistema Faesc/Senar
FAESC
24 de Janeiro de 2024
Por: MB COMUNICAÇÃO
Fonte: SISTEMA FAESC/SENAR

A agricultura é uma atividade exposta a muitos fatores incontroláveis e imprevisíveis: clima, mercado, câmbio, políticas públicas, crédito etc. É uma empresa sem telhado. Nas últimas décadas, o crescente emprego de tecnologia garantiu sucessivos aumentos da produção e da produtividade e, assim, reduziu o nível de incerteza nesse aspecto. Como resultado de todas essas variáveis imprevisíveis, os agentes do mercado – produtores rurais, agroindústrias, consumidores – enfrentam, alternadamente, períodos de escassez sucedidos de períodos de excesso de demanda, ora castigando quem consume, ora quem produz.

Exemplos marcantes são as crises de abastecimento de matéria-prima, ora por escassez acentuada, ora por excesso de oferta, que se repetem de tempos em tempos. Esse é um dos fenômenos mercadológicos que podem ser estudados com modelos de previsão e prevenção de crise. Essa atividade de inteligência e planejamento agrícola seria atribuição da Companhia Nacional de Abastecimento, a Conab. Países desenvolvidos já contam com esse serviço.

As avaliações e previsões de agência de inteligência agrícola são essenciais para balizar o mercado, orientar a planificação das grandes cadeias produtivas, o desenvolvimento das lavouras, a pecuária e o extrativismo, prevenindo escassez acentuada ou oferta excessiva. Esse esforço de inteligência também auxilia para que as exportações – necessárias e essenciais para a economia brasileira – não provoquem desabastecimento interno.

Recentemente, especialistas do setor agropecuário e pesquisadores participaram de um evento que discutiu ‘Inteligência de Mercado e Competitividade do Agro’, promovido pelo Sistema CNA/Senar e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), por meio do acordo “Juntos pelo Agro”. O encontro reuniu parlamentares, lideranças do setor produtivo, representantes do governo, especialistas e presidentes de Federações de Agricultura e Pecuária. Contou com o apoio da FAO, do Cepea e da Sober.

A competitividade do setor frente ao cenário mundial, a influência das tendências de consumo e da geopolítica na produção de alimentos e as inovações e gestão de dados que auxiliam nas tomadas de decisão foram aspectos debatidos. O produtor brasileiro não tem subsídios do governo, precisa investir em insumos para o solo, sofre com variações climáticas e, ainda assim, é competitivo no mercado global, graças à produtividade e sustentabilidade. Mas precisa investir em melhorias do escoamento e no armazenamento. O país possui muitas vantagens em termos de área e solo, mas precisa ser mais competitivo fora da porteira. O Brasil tem que continuar produzindo, ganhando economia de escala. Precisa estar preparado para as exigências do mercado externo.

A compreensão da dinâmica do mercado permite prever as tendências de consumo e os modelos de negócios dos principais parceiros comerciais do Brasil, as megatendências setoriais (como a natureza e o clima) pautando negócios, mão de obra qualificada escassa, digitalização etc. A inteligência de mercado prepara todos os atores para a nova agenda ambiental e as novas legislações sobre o tema, como a Lei Antidesmatamento da União Europeia, a agenda ESG e as exigências que geram responsabilidades para o Brasil.

Face a sua importância para a segurança alimentar global e para a segurança energética e socioambiental, o Brasil só tem a ganhar com inteligência de mercado.

Leia também

FAESC

|

21 de junho 2024

Sistema FAESC/SENAR promove reunião virtual sobre FGTS Digital O evento será direcionado às equipes de Sindicatos Rurais, produtores rurais e demais interessados.

SENAR

|

20 de junho 2024

Evento mobiliza produtores de ovinocultura de corte em Palmitos O objetivo foi apresentar a metodologia da Assistência Técnica e Gerencial, expor o cronograma de trabalho, apresentar o técnico que fará o atendimento (Cassio Lopes) e demonstrar as diretrizes da ATeG.

FAESC

|

19 de junho 2024

Investimento na melhoria genética proporciona evolução na cadeia láctea Apresentar os resultados obtidos com o melhoramento genético na bovinocultura leiteira. Com esse objetivo o Sebrae/SC e a Aurora Coop promovem nesta quinta-feira (20), uma missão técnica com visita em duas empresas rurais na região oeste catarinense. As ações de aprimoramento da cadeia láctea fazem parte do Programa Encadeamento Produtivo, que oportuniza conhecimentos e técnicas para melhorar a gestão do empreendimento, a avaliação de oportunidades e a inserção de inovações.

SENAR

|

19 de junho 2024

Processo seletivo para os cursos da rede e-Tec Brasil segue até 2 de julho Santa Catarina oferece vagas para os cursos gratuitos em cinco polos

FAESC

|

19 de junho 2024

Faesc quer aprimorar e ampliar o seguro para a atividade agrícola Seguro rural com ampla cobertura e custo acessível é uma antiga reivindicação do setor primário da economia brasileira e está na pauta do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de SC (Faesc) José Zeferino Pedrozo.

FAESC

|

17 de junho 2024

Levantados custos de produção de grãos em Campos Novos Campos Novos sediou o segundo painel do Projeto Campo Futuro 2024 em Santa Catarina, nessa quarta-feira (12), para o levantamento dos custos de produção de grãos (soja, milho 1ª safra e trigo). A iniciativa foi da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), com o apoio do Sistema Faesc/Senar e dos Sindicatos Rurais.

SENAR

|

17 de junho 2024

Programa Saúde do Homem Rural atende público do campo em Rio Rufino A iniciativa, que busca conscientizar os homens do campo sobre a importância da prevenção e o cuidado com a saúde, reuniu aproximadamente 250 pessoas, entre participantes, voluntários e lideranças.

FAESC

|

17 de junho 2024

Terceiro painel do Campo Futuro em SC levanta custos de produção de grãos em Araranguá A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), com o apoio do Sistema Faesc/Senar e do Sindicato dos Produtores Rurais de Araranguá, promoveu nessa quinta-feira (13) o terceiro painel do Projeto Campo Futuro 2024 em Santa Catarina. O objetivo foi levantar os custos de produção de grãos, com foco para o arroz. A programação no estado segue até agosto e envolverá seis cadeias produtivas em oito municípios.

SENAR

|

17 de junho 2024

Oficina ATeG em Itainópolis apresenta técnicas e manejos para apicultura no outono-inverno Reunir apicultores e compartilhar novas técnicas e manejos de outono e inverno para manter e melhorar as colmeias durante essa época do ano. Com esse objetivo o Sistema Faesc/Senar (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Estado) e o Sindicato Rural de Itaiópolis, promoveram a Oficina Técnica do Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), com foco para a apicultura.

FAESC

|

14 de junho 2024

FAESC apoia pedido da CNA para rejeição da MP do Equilíbrio Fiscal para o agro A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) orienta aos produtores rurais para que confiram a nota técnica, divulgada nesta quinta-feira (6), pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) sobre o impacto da Medida Provisória 1.227/2024 para o agro e o produtor rural. A medida modifica a legislação tributária federal e, entre outros pontos, limita a compensação de crédito de PIS/Cofins.

FAESC

|

12 de junho 2024

Equipes dos Sindicatos Rurais aperfeiçoam conhecimentos em encontros virtuais Os dois primeiros encontros reuniram profissionais do oeste, meio-oeste e extremo-oeste, bem como do sul e da serra. O último aconteceu contou com representantes do vale do Itajaí e planalto norte.

FAESC

|

11 de junho 2024

Seguro para a atividade agrícola JOSÉ ZEFERINO PEDROZO, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de SC (Faesc) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC)